Notícias | Dia a dia
Wawrinka e Cilic amargam eliminações precoces
16/04/2019 às 15h26

Monte Carlo (Mônaco) - A terça-feira não foi boa para o suíço Stan Wawrinka e nem para o croata Marin Cilic, ambos amargando eliminações precoces no Masters 1000 de Monte Carlo. Ambos enfrentaram partidas de três sets e foram superados na segunda rodada da competição.

Sétimo pré-classificado, o croata foi o primeiro a se despedir da competição e caiu logo em sua estreia. Abusando dos erros não forçados, Cilic não foi páreo para o consistente argentino Guido Pella, que anotou parciais de 6/3, 5/7 e 6/1 para cima do croata.

Fechando o dia na quadra central, Wawrinka sofreu uma derrota bastante amarga. Ele chegou a sacar para o jogo com 6/0 e 5/3, mas permitiu a reação do italiano Marco Cecchinato, cabeça de chave 11, e acabou levando a virada com o placar final de 0/6, 7/5 e 6/3.

Os algozes do suíço e do croata irão agora se enfrentar por um lugar nas quartas. Será o quinto encontro no geral, com três vitórias de Cecchianto, duas delas em nível ATP e outra em challenger, e apenas uma de Pella, em challenger.

Italiano surpreende e elimina Khachanov

Atual 96 do mundo, o italiano Lorenzo Sonego fez mais uma vítima no saibro monegasco. Depois de derrubar o compatriota Andreas Seppi na primeira rodada, desta vez ele surpreendeu o russo Karen Khachanov, cabeça de chave 8, triunfando em sets diretos, com placar final de 7/6 (7-4) e 6/4, definido em 1h52 de disputa.

Nas oitavas de final, o tenista de 23 anos natural de Turim enfrentará o vencedor da partida envolvendo o húngaro Marton Fucsovics e o britânico Cameron Norrie, que nesta terça eliminou o francês Adrian Mannarino ao marcar parciais de 6/4 e 6/3, após 1h19 de confronto.

Coric busca virada e bate Munar

Assim como Wawrinka, o espanhol Jaume Munar também desperdiçou uma confortável vantagem e acabou eliminado. Ele venceu o primeiro set e chegou a ter quebra de frente no segundo, quando veio a reação do croata Borna Coric, que concretizou a virada ao marcar parciais de 6/7 (3-7), 7/6 (9-7) e 6/4, após batalha de 3h26.

Depois de superar o espanhol convidado da organização, Coric terá pela frente o vencedor do confronto entre o francês Pierre Hugues-Herbert, que bateu o espanhol Fernando Verdasco com duplo 6/4, e o japonês Kei Nishikori, quinto mais bem cotado, que ainda não estreou no torneio.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis