Notícias | Dia a dia
Canadense de 16 anos joga a Fed Cup e baterá recorde
19/04/2019 às 20h15

Leylah Annie Fernandez será a mais jovem jogadora a disputar uma partida de playoffs pela competição

Foto: Martin Sidorjak/ITF

Prostejov (Canadá) - A fase de renovação do tênis canadense apresentará mais uma jovem promessa ao grande público neste fim de semana. A jogadora de 16 anos Leylah Annie Fernandez foi escalada para a disputa do confronto contra a República Tcheca no saibro de Prostejov, pelos playoffs do Grupo Mundial.

Quando entrar em quadra neste sábado para enfrentar a canhota Marketa Vondrousova, número 47 do mundo, Fernandez irá se tornar a atleta mais jovem a disputar uma partida pelos playoffs da Fed Cup. A promissora atleta canadense terá 16 anos, sete meses e 13 dias.

Apesar da pouca idade, Leylah Fernandez aparece no 376º lugar do ranking da WTA, além de ter sido vice-campeã no torneio juvenil do Australian Open, em janeiro. Embora dispute poucas competições juvenis a partir desta temporada, ela ainda é a sétima colocada no ranking da categoria.

Fernandez foi chamada para compor o grupo, que está desfalcado, da campeã de Indian Wells Bianca Andreescu e da ex-top 5 Eugenie Bouchard. A número 1 canadense em Prostejov será a jogadora de 28 anos e 184ª do ranking Rebecca Marino. A capitã Heidi El Tabakh ainda convocou as duplistas Sharon Fichman e Gabriela Dabrowski.

Já a República Tcheca, que dominou a Fed Cup ao longo desta década com seis títulos nos últimos oito anos, tenta se manter na elite da competição. O capitão Petr Pala também perdeu nomes importantes, mas mesclará juventude e experiência. Na abertura da série deste sábado, a número 106 do mundo Karolina Muchova vai enfrentar Rebecca Marino. O time tcheco ainda a número 2 do ranking mundial de duplas Barbora Krejcikova, que tem só 23 anos, além da compatriota de 20 anos Marie Bouzkova, além da ex-top 10 e atual 133ª colocada aos 31 anos Lucie Safarova.

Austríaca tem recorde do Grupo Mundial
É bom destacar que o próprio Grupo Mundial da competição já chegou a ter uma jogadora ainda mais jovem. No ano de 2005, a austríaca Tamira Paszek jogou pela elite da competição contra a França aos 14 anos e 138 dias.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis