Notícias | Dia a dia
Osaka reage no terceiro set e busca incrível virada
26/04/2019 às 13h35

Osaka perdia o último set por 5/1, mas conseguiu reagir na partida

Foto: Divulgação

Stuttgart (Alemanha) - A número 1 do mundo Naomi Osaka esteve muito perto de ser eliminada nas quartas de final do WTA Premier de Stuttgart, mas conseguiu reagir a tempo de evitar a derrota e buscar a virada. Osaka perdia o terceiro set para a croata Donna Vekic por 5/1, mas mostrou poder de reação para mudar a dinâmica da partida e vencer por 6/3, 4/6 e 7/6 (7-4) em 2h18 de disputa no saibro alemão.

Osaka não chegou a salvar match point, mas ficou a dois pontos da derrota em três games distintos, quando perdia por 5/1, 5/2 e 5/4. A japonesa também teve que confirmar o serviço quando Vekic liderava o placar por 6/5 para forçar o tiebreak. Mais confiante após a reação, a líder do ranking mundial dominou as ações no game-desempate.

Com altos e baixos na partida desta sexta-feira, Osaka liderou a contagem de winners por 32 a 27, mas cometeu 45 erros não-forçados contra 33 de sua adversária. Cada jogadora conquistou três quebras de serviço, uma para a japonesa no primeiro set, outra para a croata no segundo, e duas para cada lado no terceiro. A diferença no total de pontos foi muito pequena, 103 a 96 para Osaka.

Semifinalista em Stuttgart, Osaka faz sua melhor campanha desde o título do Australian Open em janeiro. Depois de conquistar o segundo Grand Slam de sua carreira, a jovem de 21 anos havia caído na estreia em Dubai, nas oitavas em Indian Wells e na terceira rodada em Miami. Nesse intervalo de tempo, também trocou o técnico alemão Sascha Bajin pelo norte-americano Jermaine Jenkins, e também firmou novo acordo de material esportivo, trocando a Adidas pela Nike.

Em busca da sexta final de WTA na carreira e a primeira no saibro, Osaka enfrentará a vencedora da partida entre a bielorrussa Victoria Azarenka e a estoniana Anett Kontaveit. A japonesa tem uma vitória e uma derrota contra Azarenka, ex-líder do ranking e atual 61ª colocada aos 29 anos. Já diante de Kontaveit, 15ª do mundo, a atual número 1 venceu os três duelos anteriores.

Kvitova também avança em Stuttgart
Outra semifinalista em Stuttgart é Petra Kvitova. Terceira colocada no ranking mundial, a canhota tcheca precisou de três sets e 1h32 para vencer a letã Anastasija Sevastova por 2/6, 6/2 e 6/3. Dona de 26 títulos na carreira, Kvitova está com 29 anos e tenta alcançar sua 36ª final na WTA. Sua próxima rival virá da partida entre a alemã Angelique Kerber e a holandesa Kiki Bertens.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis