Notícias | Dia a dia
Orlandinho perde grandes chances e fica com o vice
28/04/2019 às 09h27

Orlandinho liderou os dois sets na final

Foto: Arquivo

Tabarka (Tunísia) - O gaúcho Orlando Luz liderou por boa margem os dois sets, mas em ambos permitiu reação do francês Geoffrey Blancaneaux e com isso perdeu o título do ITF M15 que foi disputado sobre o saibro de Tabarka.

No primeiro set, Orlandinho chegou a ter 4/1 e saque antes de cair no tiebreak, por 7-3. No seguinte, também quebrou antes de abriu 3/1, mas viu o adversário ganhar cinco games consecutivos e depois fechar por 6/4.

Esta foi a primeira final de simples do gaúcho desde julho do ano passado, quando conquistou o future de Kassel, na Alemanha. Aos 21 anos, ele soma agora 10 finais na carreira com quatro títulos desse nível. Dois foram obtidos em 2016 e outro também em 2018.

Blancaneaux, que na semifinal lutou três horas para superar o canhoto Rafael Matos, ganhou o título juvenil de Roland Garros de 2016 em cima de Felix Auger-Aliassime.

Luz e Matos faturam nas duplas
A boa semana de Luz e Matos teve o título de duplas da parceria no sábado. Eles venceram o italiano Erik Crepaldi e o sérvio Darko Jandric, por 6/4 e 7/5. Os dois brasileiros ganharam o quarto título juntos na temporada. Matos atingiu o 25º título na modalidade, enquanto Orlandinho tem 14 troféus.

Assim como as demais competições de US$ 15 mil, o torneio tunisiano não conta pontos para a ATP, apenas para o ranking da ITF. Orlando Luz é o número 47 na lista da Federação Internacional e tenta postular vagas em torneios maiores. Por sua vez, Matos está com 23 anos e ocupa o 256º lugar na ITF e está sem classificação na ATP.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis