Notícias | Dia a dia
Wild não passa da estreia em challenger americano
29/04/2019 às 16h35

Wild está com o melhor ranking da carreira nesta semana

Foto: Arquivo

Savannah (EUA) - Durou apenas uma partida a participação de Thiago Wild no challenger de Savannah. O paranaense de 19 anos foi eliminado ainda na rodada de estreia do torneio norte-americano de US$ 54 mil, disputado em quadras de har-tru (saibro verde).

Wild sobe no ranking e alcança melhor marca

Wild foi superado pelo chileno de 21 anos e 301º do ranking Marcelo Tomas Barrios Vera por 6/4 e 6/0 em 1h14. Ao longo de 1h14 de partida, o paranaense não aproveitou nenhum dos seis break points que teve e permitiu quatro quebras de serviço ao rival chileno.

A boa notícia para Thiago Wild é que ele aparece nesta segunda-feira com o melhor ranking da carreira. O jovem jogador ganhou três pontos e dez posições depois de ter vencido uma partida no challenger mexicano de Leon e chegou ao 362º lugar do ranking.

Em 2019, Wild venceu seu primeiro jogo de ATP no Brasil Open, em São Paulo. Ele também tem mais quatro vitórias em torneios de nível challenger. Sua campanha mais expressiva foi a chegada às quartas de final do challenger mexicano no saibro de San Luis Potosi, há duas semanas.

Pelo mesmo torneio, o gaúcho de 26 anos Guilherme Clezar entra diretamente na segunda rodada. Atualmente no 263º lugar do ranking, Clezar é o cabeça 13 em Savannah. Seu adversário na estreia virá da partida entre o australiano Aleksandar Vukic e o norte-americano Stefan Kozlov.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis