Notícias | Dia a dia
Jovem suíça vence 7ª seguida e evita final caseira
03/05/2019 às 15h22

Vinda do quali, a suíça de 21 anos Jil Teichmann chegou à final do WTA de Praga

Foto: Divulgação

Praga (República Tcheca) - Uma nova campeã de WTA será conhecida neste sábado, em Praga. A final do torneio disputado no saibro da capital tcheca reúne duas jogadoras que nunca haviam chegado tão longe em um evento pela elite do circuito, a convidada tcheca Karolina Muchova e a suíça vinda do quali Jil Teichmann. A decisão acontece às 6h (de Brasília) deste sábado e as duas jogadoras jamais se enfrentaram anteriormente.

A trajetória de Teichmann no torneio é impecável. A suíça de apenas 21 anos e número 146 do ranking marcou sua sétima vitória consecutiva na competição. Ela chegou a eliminar Beatriz Haddad Maia durante o quali e Svetlana Kuznetsova nas oitavas. Nesta sexta-feira, a jovem jogadora superou a experiente tcheca de 33 anos e 39ª colocada Barbora Strycova por 6/3 e 6/0 em 1h16 de partida.

Com o resultado, Teichmann também evitou uma final caseira em Praga. Três das quatro edições do torneio foram vencidas por jogadoras tchecas, sendo que a final de 2015 teve duas anfitriãs e o título de Karolina Pliskova contra Lucie Hradecka. Também já venceram o torneio as tchecas Petra Kvitova e Lucie Safarova, além da alemã Mona Barthel em 2017.

Quem pode manter o domínio tcheco no saibro de Praga é Karolina Muchova, jogadora de 22 anos e 106ª do ranking, que venceu nesta sexta-feira a norte-americana Bernarda Pera por 6/2 e 7/5 em 1h32. Muchova acabou herdando um convite que seria da ex-top 5 Lucie Safarova, mas a veterana de 32 anos e em sua última temporada no circuito preferiu jogar apenas duplas e ceder a vaga em simples para uma compatriota mais jovem.

Mesmo com 198 pontos já garantidos em uma semana com apenas dez a defender, Teichmann ainda não está entrando no top 100, mas certamente terá o melhor ranking da carreira, por volta do 110º lugar. Se for campeã, ela estará entre as cem melhores do mundo. Já Muchova debutará no top 100 com os 180 pontos conquistados e já se aproxima do top 70. Em caso de título, ela fará 280 pontos e aparecerá por volta da 65ª posição.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis