Notícias | Dia a dia
Gabi é vice na Itália, mas conquista título de duplas
05/05/2019 às 09h35

Gabriela Cé venceu cinco jogos antes de cair para sueca na final

Foto: Arquivo

Santa Margherita di Pula (Itália) - Depois de ter vencido cinco jogos seguidos desde o qualificatório, Gabriela Cé ficou com o vice-campeonato do ITF de US$ 25 mil no saibro italiano de Santa Margherita di Pula. A canhota gaúcha perdeu a final deste domingo para a sueca de 20 anos Mirjam Bjorklund, número 469 do mundo, por 6/3 e 7/6 (7-3).

Por ter alcançado a final do torneio, Gabriela Cé fatura 31 pontos (sendo um do quali) no ranking da WTA do dia 13 de maio. Atualmente no 442º lugar do ranking da WTA, a jogadora de 26 anos ainda está distante de seu recorde pessoal, que foi a 225ª posição alcançada em 2014. A boa campanha deverá aproximá-la da 370ª colocação.

Vencedora de dez títulos profissionais no circuito da ITF, o último deles em setembro do ano passado no Paraguai, Gabriela Cé ainda persegue seu primeiro título em torneios de US$ 25 mil. A final deste domingo foi apenas a segunda de sua carreira em competições deste porte. Curiosamente, a anterior foi na mesma cidade italiana, em outubro de 2018.

Cé foi campeã de duplas ao lado da norte-americana Chiara Scholl. Elas venceram a britânica Naiktha Bains com a húngara Anna Bondar por 6/0 e 7/5 no último sábado. Este foi o 18º título profissional de duplas na carreira de Gabriela Cé. A maior conquista da gaúcha foi um torneio da série 125k da WTA em Carlsbad, no ano de 2015. Já na temporada de 2016, ela chegou a disputar uma final de duplas no WTA International de Bogotá, mas ficou com o vice. Naquele ano, alcançou o 109º no ranking de duplas.

Rebeca Pereira é vice na Tunísia - Única brasileira na disputa do ITF de US$ 15 mil no saibro de Tabarka, na Tunísia, Rebeca Pereira ficou com o vice-campeoanto na chave de duplas. Pereira e a chilena Barbara Gatica perderam a final para a tcheca Kristyna Hrabalova e a polonesa Joanna Zawadzka por 7/6 (7-4), 6/7 (7-9) e 11-9. Aos 26 anos, Pereira tem três títulos profissionais de duplas no circuito, todos ao lado de Gatica na temporada passada.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis