Notícias | Dia a dia
Melo tem estreia difícil, Del Potro vence em seu retorno
06/05/2019 às 10h18

Melo e Kubot buscam primeira grande campanha no saibro europeu

Foto: Arquivo

Madri (Espanha) - Não foi nada fácil a estreia do mineiro Marcelo Melo e seu parceiro polonês Lukasz Kubot no Masters 1000 de Madri. Cabeças de chave 2 da semana, ele sofreram para superar o japonês Ben McLachlan e o alemão Jan-Lennard Struff por 2 sets a 1, parciais de 7/5, 5/7 e 10-6, após 1h47 de intensa batalha.

Classificados para as oitavas de final, Melo poderá encarar agora um de seus melhores amigos do circuito, o top 5 do ranking Alexander Zverev. O alemão faz parceria com o irmão Mischa e enfrentarão o holandês Robin Haase e o sul-africano Raven Klaasen.

"Acho que hoje (segunda), no geral, foi uma bela estreia. Tivemos o jogo abaixo no primeiro set e no segundo. Conseguimos voltar, ganhar o primeiro set ainda. Depois estivemos na frente com match-point. Acabamos não fechando, mas ganhamos no match-tiebreak. Então, foi muito importante ficar no jogo, independente das chances perdidas, e sobressair no match-tiebreak. Agora é aproveitar amanhã (terça), para treino, aprimorar algumas coisas, para jogar melhor ainda na próxima rodada", analisou Marcelo.

Apesar de ocupar o sétimo lugar do ranking, Melo ainda não tem títulos nesta temporada. Ele e Kubot chegaram à final de Indian Wells. Sobre o saibro europeu, fizeram quartas em Monte Carlo e Barcelona.

Del Potro volta bem

No retorno às quadras, o argentino Juan Martin del Potro formou parceria com o japonês Kei Nishikori e se saiu bem. Eles venceram Fabio Fognini e Robert Lindstedt, por 5/7, 6/4 e 10-4.

Eles poderão ser os adversários de Bruno Soares e do britânico Jamie Murray, que farão sua estreia nesta terça-feira diante de Radu Albot e Nikoloz Basilashvili.

A chave de duplas em Madri está recheada de importantes jogadores de simples. No domingo, Dominic Thiem e Diego Schwartzman avançaram e irão enfrentar agora Grigor Dimitrov e Karen Khachanov. Já nesta segunda-feira, Guido Pella e João Sousa também avançaram.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis