Notícias | Dia a dia
Fritz passa por Dimitrov e enfrentará Djokovic
06/05/2019 às 14h20

Madri (Espanha) - Mais uma vez o búlgaro Grigor Dimitrov decepcionou em um jogo contra um rival de ranking inferior. Nesta segunda-feira, ele foi eliminado do Masters 1000 de Madri logo na estreia, superado em dois tiebreaks pelo norte-americano Taylor Fritz, que manteve o embalo do quali para anotar parciais de 7/6 (10-8) e 7/6 (7-4).

Atual 57 do mundo, o norte-americano de 21 anos terá agora pela frente o sérvio Novak Djokovic, que alcançou a 250ª semana na liderança do ranking. Será o segundo encontro entre os dois, que mediram forças semanas atrás no Masters 1000 de Monte Carlo, com vitória de ‘Nole’ em sets diretos, cedendo apenas três games a Fritz.

Tentando recuperar terreno após uma temporada não muito boa em 2018, Dimitrov segue sofrendo para reencontrar o melhor tênis. Com a derrota desta segunda, ele já soma seis na temporada, metade delas contra adversários abaixo dele na lista da ATP.

No primeiro set da partida, o búlgaro chegou a abrir 4/2, mas logo após conseguir sua quebra, viu Fritz devolvê-la e empatar na sequência. A decisão foi para o tiebreak, em que Dimitrov chegou a ter 3-0, mas não sustentou a dianteira até o fim. Ele ainda teve um set-point no saque do oponente, só que Fritz somou três chances de fechar a parcial e na terceira definiu o 1 a 0.

O equilíbrio se manteve no segundo set, em que o norte-americano largou melhor, vencendo os três primeiros games. Dimitrov buscou o placar e deixou tudo igual no 4/4. Mais uma vez a decisão foi para o desempate, em que Fritz abriu 5-2 e depois de deixar escapar um match-point no serviço do búlgaro, venceu o seguinte também com o rival sacando.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis