Notícias | Dia a dia
Fognini vence a primeira após sua maior conquista
07/05/2019 às 11h10

Madri (Espanha) - Depois de desistir de torneios nas duas últimas semanas, pulando fora de Barcelona e do Estoril, o italiano Fabio Fognini finalmente voltou a jogar após sua maior conquista da carreira, levantando a taça do Masters 1000 de Monte Carlo. O retorno aconteceu nesta terça-feira no Masters 1000 de Madri contra o britânico Kyle Edmund.

Fognini fez valer o bom momento e derrubou o britânico de 24 anos pela segunda vez em dois embates, triunfando em sets diretos e placar final de 6/4 e 6/3, depois de 1h32 de jogo. Na segunda rodada, o italiano medirá forças com quem passar do embate envolvendo o australiano John Millman e o norte-americano Steve Johnson.

O segundo serviço do atual 12 do mundo fez a diferença contra Edmund, que venceu apenas 38% dos pontos disputados com ele, ao passo que Fognini teve aproveitamento de 52%. Outro diferencial para o italiano foi o número de break-points, que somou 16 e aproveitou 4, ao passo que Edmund teve oito e só concretizou um.

Tsitsipas conhece rival de estreia

Cabeça de chave número 8, o jovem grego Stefanos Tsitsipas viu ser definido seu primeiro oponente na competição espanhola. Entrando direto na segunda rodada, ele abrirá campanha contra o francês Adrian Mannarino, que entrou como lucky-loser e superou o português João Sousa em três sets, com parciais de 7/5, 5/7 e 6/1.

Tsitsipas enfrentará o francês de 30 anos e atual 56 do mundo pela primeira vez na carreira. Esta é a segunda vez que o grego disputa a competição na Caixa Mágica, onde busca sua primeira vitória, já que no ano passado ele parou na estreia diante do russo Evgeny Donskoy.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis