Notícias | Dia a dia
Bertens dá o troco em Kvitova e elimina tricampeã
09/05/2019 às 18h47

Kiki Bertens conseguiu a revanche pela derrota sofrida na final do ano passado em Madri

Foto: Divulgação

Madri (Espanha) - No reencontro entre as duas finalistas da edição passada do WTA Premier de Madri, Kiki Bertens deu o troco em Petra Kvitova e conseguiu a revanche pela perda da final de 2018. Em jogo válido pelas quartas de final no saibro da capital espanhola, a holandesa levou a melhor sobre a tcheca ao marcar 6/2 e 6/3 em 1h19 de partida.

Bertens vive a melhor fase da carreira aos 27 anos. A holandesa já conquistou um título este ano nas quadras duras e cobertas de São Petersburgo, em fevereiro, e chegou a ocupar o sexto lugar no ranking mundial. A campanha até a semi já faz com que ela defenda 390 dos 650 pontos que tem a descontar.

Vencedora de oito títulos de WTA na carreira, Bertens busca sua 11ª final no circuito. Sua adversária na semifinal marcada para às 15h (de Brasília) desta sexta-feira será a norte-americana Sloane Stephens, número 8 do mundo e vencedora dos dois duelos anteriores entre elas.

Kvitova não conseguiu fazer valer seu ótimo retrospecto na capital espanhola, já que também venceu o torneio outras duas vezes, em 2011 e 2015. Como conseguiu manter apenas 215 dos mil pontos que precisava defender, a canhota tcheca de 29 anos ficará mais distante da número 1 do mundo Naomi Osaka e ainda perde duas posições no ranking para Simona Halep e Angelique Kerber, ficando no quarto lugar. Ela ainda pode ser ultrapassada por Stephens ou Bertens.

O duelo entre Bertens e Kvitova foi muito rápido, diferente do que havia acontecido na final do ano passado em Madri e na semifinal de Stuttgart há duas semanas. Ainda que Kvitova tenha liderado nos winners por 16 a 13, a tcheca cometeu 25 erros contra 17 da holandesa.

Bertens dominou o primeiro set ao conquistar duas quebras e só perder seis pontos em seus games de serviço. A holandesa já começou o segundo set quebrando o saque da canhota tcheca para abrir 2/0 e teve chances de ampliar a diferença, mas não aproveitou. Kvitova tentou entrar mais na quadra e dar menos tempo para a rival construir os pontos. A tcheca até conseguiu o empate no sexto game, mas voltaria a ter o serviço quebrado em outras duas oportunidades no fim do jogo.

Bencic e Halep abrem a rodada de semifinais
A outra semifinal acontece às 9h30 e envolve a número 3 do mundo e bicampeã do torneio Simona Halep contra a 18ª colocada Belinda Bencic. O histórico de confrontos é favorável à Bencic, que venceu dois dos três embates anteriores contra a romena. Em fevereiro, a suíça levou a melhor em duelo de três sets nas quartas de final de Dubai. Lembrando que Halep precisa ser campeã do torneio para voltar ao topo do ranking mundial.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis