Notícias | Dia a dia | Roland Garros
'Big 3' chega junto nas semis após três anos e meio
06/06/2019 às 12h15
Felipe Priante

Principais nomes da atualidade, o suíço Roger Federer, o espanhol Rafael Nadal e o sérvio Novak Djokvovic têm dominado o circuito nos últimos anos e juntos conquistaram 52 dos últimos 63 Grand Slam. Apesar disso, fazia tempo que os três não chegavam juntos às semifinais de um mesmo torneio, quebrando agora em Roland Garros um jejum de três anos e meio.

A última vez que o ‘Big 3’ alcançou junto a penúltima rodada de uma mesma competição foi no ATP Finals de 2015, quando Djokovic superou Nadal para depois conquistar o título batendo na decisão Federer, que na semi havia deixado pelo caminho o compatriota Stan Wawrinka.

Desde então eles não conseguiram brilhar juntos em um mesmo torneio, embora não tenham deixado de faturar muitos títulos. Neste período foram 13 conquistas do suíço, 15 do sérvio e 14 do espanhol. Juntos eles somaram 83 semifinais (27 de Federer, 26 de Djokovic e 30 de Nadal), mas nunca com os três ao mesmo tempo até agora.

Curiosamente, foi também em Roland Garros a última vez que os três conseguiram ao mesmo tempo ficar entre os quatro melhores em um Grand Slam. Isso não acontecia em um dos quatro principais torneios do circuito desde 2012, quando Djokovic venceu Federer em uma semi e Nadal derrubou o compatriota David Ferrer na outra para depois superar o sérvio na decisão.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series