Notícias | Dia a dia
'Perder os match points foi a pior parte', diz Federer
10/05/2019 às 19h19

Suíço teve dois match points na partida contra Thiem nesta sexta-feira

Foto: Divulgação

Madri (Espanha) - Eliminado nas quartas de final do Masters 1000 de Madri, Roger Federer acredita que os dois match points perdidos no segundo set da partida contra Dominic Thiem foram os momentos mais duros de aceitar na derrota desta sexta-feira. Entretanto, o suíço acredita que fez um bom torneio, ainda mais considerando que ele não jogava no saibro há três anos.

"É frustrante, claramente. Perder com os match points foi a pior parte, então é assim que me sinto", disse Federer após a derrota para Thiem por 3/6, 7/6 (13-11) e 6/4 em Madri.

"Penso que fiz alguns bons jogos aqui, especialmente os dois últimos. O primeiro foi bom para entrar no ritmo. Obviamente, Gael e Dominic são adversários difíceis no saibro, então foram boas batalhas", comenta o suíço, que estreou vencendo Richard Gasquet com facilidade e depois salvou dois match points na difícil vitória sobre Gael Monfils nas oitavas.

Tricampeão em Madri nos anos de 2006, 2009 e 2012, Federer não atuava em Madri há quatro anos. O suíço ainda não pode afirmar se disputará o torneio no ano que vem. "Tive uma ótima semana. As pessoas não poderiam ter sido mais amigáveis comigo e penso que eu joguei bem. Tenho boas lembranças deste lugar, então é claro que posso voltar, mas não sei a essa altura".

O suíço está na chave do Masters 1000 de Roma, que acontece na semana que vem, mas também não tem certeza se poderá jogar no saibro da capital italiana. "Eu não pude tomar a decisão antes do jogo de hoje, então, infelizmente, tive que esperar e ver como esta partida se desenrolou. Queria manter as opções abertas e é por isso que estou na chave. Eu provavelmente só decidirei no final de semana".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis