Notícias | Dia a dia
Nadal admite que não sabe o motivo das derrotas
11/05/2019 às 23h06

Nadal faz mais fraca campanha no saibro da carreira

Foto: ATP

Madri (Espanha) - Pelo terceiro torneio consecutivo sobre o saibro europeu, o período que sempre foi o mais fértil de sua carreira, Rafael Nadal para nas semifinais. Caiu diante de Fabio Fognini em Monte Carlo, de Dominic Thiem em Barcelona e neste sábado foi batido pelo jovem grego Stefanos Tsitsipas, diante de quem jamais havia perdido um set.

"Durante anos ganhei muito sobre este piso, mas agora, não sei o motivo, não está sendo assim", desabafou. "Estou próximo, mas não consigo ganhar. Tenho de aceitar com naturalidade, como sempre fiz, sem buscar desculpas. Se tivesse jogado bem, teria ganhado. Não fiz o suficiente e então perdi".

O canhoto espanhol diz não ter se sentido à vontade. "Não fiz uma boa partida. Lutei, mas mentalmente tive momentos bons e outros ruins", queixou-se o pentacampeão de Madri. "Acho que as condições da noite estiveram um pouco diferentes. Me aqueci no final da tarde com muito calor e a bola estava veloz, mas quando fui à quadra para o jogo minha sensação mudou um pouco, parecia estar com mais vento e mais frio. Apesar de ter jogado no mesmo horário de sexta-feira, não senti tão bem a bola".

Nadal tentou minimizar mais uma queda sobre o saibro europeu. "É mais uma derrota, outra oportunidade perdida de disputar uma nova final de um torneio muito importante. Tenho que confiar em minhas chances para as próximas semanas". Ele irá agora para o Foro Itálico, onde defende o título do ano passado. Desde 2005, ele jamais havia chegado a Roma sem ao menos um troféu erguido no saibro europeu.

<blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="en" dir="ltr">Two of the best giving absolutely EVERYTHING! 👏<a href="https://twitter.com/StefTsitsipas?ref_src=twsrc%5Etfw">@StefTsitsipas</a> <a href="https://twitter.com/RafaelNadal?ref_src=twsrc%5Etfw">@RafaelNadal</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/MMOpen?src=hash&amp;ref_src=twsrc%5Etfw">#MMOpen</a> 🇪🇸 <a href="https://t.co/x4in44dfog">pic.twitter.com/x4in44dfog</a></p>&mdash; Tennis TV (@TennisTV) <a href="https://twitter.com/TennisTV/status/1127322627150962691?ref_src=twsrc%5Etfw">11 de maio de 2019</a></blockquote>
<script async src="https://platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script>

Ele descartou qualquer problema físico. "Creio que tenho tênis e tempo à frente para aspirar grandes títulos. Tudo que preciso é estar são e jogar bem, então no ano que vem estarei nesses torneios de novo para tentar vencer. Sinto que dei avanços (depois da contusão no joelho em março). Não acho que seja hora de dramatizar".

O número 2 ranking fez elogios a Tsitsipas, mas ponderou que não jogou seu melhor. "Ele é jovem, está claramente em evolução e tem grande talento. Mas não me vejo perdendo esta partida se tivesse jogado no nível de Barcelona de 2017 ou da Austrália em janeiro", argumentou, referindo-se a duas de suas três fáceis vitórias sobre o grego. "Pode ser que seja apenas a minha verdade, mas é o que sinto. Não consegui fazer tantos danos com meu forehand. Ele jogou muto bem, com força e agressividade".

<blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="en" dir="ltr">Until next year, Madrid 👋 <a href="https://t.co/SGhYPilOnh">pic.twitter.com/SGhYPilOnh</a></p>&mdash; Tennis TV (@TennisTV) <a href="https://twitter.com/TennisTV/status/1127345176018604032?ref_src=twsrc%5Etfw">11 de maio de 2019</a></blockquote>
<script async src="https://platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script>

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis