Notícias | Dia a dia
Bertens: 'Estou realmente orgulhosa desta semana'
12/05/2019 às 09h10

Madri (Espanha) - Kiki Bertens ainda não podia acreditar na conquista de seu maior título quando se encaminhou para a entrevista oficial. A holandesa precisou de pouco menos de uma hora e meia para derrotar a romena Simona Halep, número 3 do mundo, por duplo 6/4 na decisão do Aberto de Madri. Bertens tornou-se a primeira a conquistar o título da competição sem perder sequer um set. No caminho ao título, Bertens eliminou quatro campeãs de Grand Slam: Halep, Jelena Ostapenko, Sloane Stephens e Petra Kvitova.

“Ainda não caiu a ficha, mas estou realmente feliz”, disse a campeã. “Depois de cada título, a gente sente algo, é claro. Às vezes, é um monte de emoções. Outras vezes, é realmente felicidade. Às vezes é simplesmente não acreditar. Mas neste momento, não sei ainda o que sinto”, admitiu. “Só estou feliz da vida. Estou realmente orgulhosa desta semana. Joguei um bom tênis. Serei número 4 do mundo na segunda-feira. É simplesmente fantástico.”

Há um ano, Bertens foi vice-campeã do torneio, perdendo para a tcheca Petra Kvitova no tie-break do terceiro set. Ela reconheceu que as lembranças daquela final estavam pesando em sua cabeça ao entrar neste sábado em quadra. “No ano passado era minha primeira grande final. Foi difícil com a torcida, estava muito barulhenta e foi realmente um jogo duro com Petra, que jogou muito bem. Também fiz boa partida e foi dura aquela derrota. Mas hoje, entrei confiante, fiz o meu jogo, sem me preocupar com nada mais. Não senti o stress hoje. Acho que devido à final passada, me senti mais preparada para ganhar agora.”

Nesta temporada, Bertens é uma das jogadoras com dois títulos, depois da conquista em São Petersburgo. No ano passado, foi campeã em Charleston, Cincinnati e Seul, quadrifinalista em Wimbledon e estreou no WTA Finals. Ela agora joga bem em todas as superfícies, mas o triunfo no seu piso favorito é especial. “No saibro, eu realmente sinto que posso fazer o meu jogo”, afirmou Bertens. “Mesmo quando não estou jogando bem, não entro muito em pânico, o que nas outras superfícies acontece um pouco mais”, admitiu com um sorriso.

Agora, Bertens vai tentar colocar os pés no chão novamente, já que na próxima semana ela disputa o Aberto da Itália e reconhece que está mentalmente cansada. “Foi uma semana dura. Não que tenha feito longas partidas,mas não tenho ideia de como o corpo vai reagir. Todas as emoções estão vindo agora, tenho de ver como irei me sentir daqui a alguns dias. É bom não ter de jogar na primeira rodada. Então, vamos viajar para lá amanhã (domingo), vou treinar na segunda e ver como o corpo está reagindo.”

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis