Notícias | Dia a dia
Empolgado com o saibro, Federer enfrenta Sousa
14/05/2019 às 11h49

Federer se diz surpreso com adaptação ao saibro

Foto: Arquivo

Roma (Itália) - O português João Sousa, atual 72º do ranking, será o primeiro adversário do suíço Roger Federer em três anos sobre o saibro do Foro Itálico. O tenista de 30 anos e 1,85m passou com muita dificuldade pelo norte-americano Francis Tiafoe, parciais de 6/3, 6/7 (3-7) e 7/6 (7-4), tendo evitado quatro match-points antes do tiebreak decisivo.

Federer enfrentou uma única vez Sousa e teve trabalho sobre a veloz grama de Halle, virando a partida de oitavas de final. O português já figurou como 28º do ranking e tem três títulos de nível ATP no currículo, no piso duro de Kuala Lumpur e Valência e no saibro do Estoril. Fez outras sete finais, quatro sobre a terra. A partida será nesta quarta-feira, ainda sem horário definido.

Quatro vezes finalista em Roma, um dos raros grandes torneios que jamais conquistou. Federer afirmou nesta terça-feira que a decisão de disputar o torneio após cair nas quartas de Madri foi fácil. "Treinei cinco semanas no saibro depois de Miami e acho que joguei bem em Madri, então decide vir a Roma, uma cidade que gosto muito. Vai ser excitante".

Federer surpreso com adaptação
O megacampeão de 37 anos não joga em Roma desde a derrota para Dominic Thiem nas oitavas de 2016 e reafirmou não ter grande expectativa. "No momento, o que mais me importa é jogar. E eu adoro jogar partidas. A Itália foi provavelmente o lugar em que mais fui enquanto juvenil, o que era muito natural para quem morava na Suíça".

O fato de ter crescido sobre o saibro facilita a adaptação. "Gosto de escorregar no saibro, mas o problema é que acabo fazendo isso demais, ao invés de dar os pequenos passos de ajuste iguais aos da quadra dura e deixar para deslizar apenas quando realmente necessário. Vamos ver como irei conseguir construir os pontos aqui e em Paris."

Para a estreia em Roma, Federer pensa em novas estratégias. "Na semana passada, fui bem, mas como Madri é muito veloz pude também sacar e volear. Aqui é mais lento e favorece as curtinhas e os backhands na paralela". E completa: "Estou surpreso com a facilidade com que me readaptei ao saibro".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis