Notícias | Dia a dia
Zverev amplia má fase com nova eliminação precoce
14/05/2019 às 12h06

Roma (Itália) - Definitivamente a fase do alemão Alexander Zverev não é das melhores. Nesta terça-feira ele amargou mais uma eliminação prematura, caindo logo em sua estreia no Masters 1000 de Roma. Seu algoz da vez foi o atleta da casa Matteo Berrettini, que derrubou o cabeça de chave número 4 com duplo 7/5 anotado em 1h48 de confronto.

Esta foi a terceira eliminação na estreia do germânico de 22 anos na temporada, tendo também perdido logo de cara em Barcelona e em Miami. O desempenho de Zverev no saibro em 2019 foi muito abaixo daquele que mostrou no ano passado, quando venceu dois títulos (Munique e Madri), fez uma final (Roma) e uma semifinal (Monte Carlo).

Dos 2.210 pontos somados neste período em 2018, o alemão salvou somente 345 e ainda terá que defender mais 360 em Roland Garros, onde fez quartas de final. Zverev era o segundo que mais havia vencido no saibro europeu na temporada passada, ficando atrás apenas do espanhol Rafael Nadal.

Algoz de Zverev, Berrettini espera agora pelo vencedor do confronto entre o espanhol Albert Ramos, que surpreendeu o francês Gael Monfils na estreia, e o argentino Diego Schwartzman, que nesta terça superou o japonês Yoshihito Nishioka com 6/1 e 6/4. Atual 33 do mundo, o italiano de 23 anos nunca enfrentou nem o canhoto de Barcelona, tampouco o pequenino argentino pelo circuito.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis