Notícias | Dia a dia
Thiem volta a cair diante do canhoto Verdasco
16/05/2019 às 08h24

Apesar da queda, Thiem se manterá no top 4

Foto: Divulgação

Roma (Itália) - O histórico de três derrotas para o espanhol Fernando Verdasco pesou para o austríaco Dominic Thiem. Numa exibição cheia de erros e oportunidades perdidas, o campeão de Barcelona sequer passou da estreia no Masters 1000 de Roma nesta quinta-feira.

Número 38 do ranking, o experiente canhoto saiu perdendo, mas virou com placar de 4/6, 6/3 e 7/5, numa batalha de 2h41, e será o adversário do russo Karen Khachanov no final de tarde. A maioria dos tenistas realiza rodada dupla devido ao mau tempo da véspera que impediu a programação.

Dono de um jogo requintado, Verdasco já derrotou Thiem sobre todos os pisos. Venceu na grama de Wimbledon em 2015, jogo de cinco sets, e aí passou com facilidade no piso duro de Paris em 2017 e atropelou no saibro do Rio no ano passado.

A partida em Roma foi de intensos altos e baixos dos dois jogadores. O espanhol cometeu 32 erros, um a mais que Thiem, e aproveitou 4 de 17 chances de quebra, evitando por sua vez 8 de 11 oportunidades que permitiu.

O austríaco fez um primeiro set mais sólido, apesar de ter cedido quebra e empate no oitavo game, e vinha bem no serviço no segundo set até sofrer a quebra. Ainda teve chance de reagir, perdendo três break-points antes de Verdasco enfim fechar. As alternâncias se repetiram na série decisiva. O espanhol salvou dois break-points antes de ter 4/3 e saque e aí começou um festival de erros e acertos dos dois lados. Thiem reagiu, não conseguiu a quebra em quatro tentativas, falhou em outro serviço e aí o valente espanhol de 35 anos completou a tarefa.

Nishikori confirma

Semifinalista em Roma há três anos, o japonês Kei Nishikori teve pouco trabalho para confirmar seu favoritismo sobre o garoto norte-americano Taylor Fritz, vindo do qualificatório. Marcou 6/2 e 6/4, retornando à quadra mais tarde para encarar o alemão Jan-Lennard Struff, que passou com tranquilidade pelo croata Marin Cilic, por 6/2 e 6/3.

Já o argentino Diego Schwartzman derrotou o canhoto espanhol Albert Ramos, por 7/6 (7-5) e 6/1, e terá pela frente o embalado italiano Matteo Berrettini, responsável pela queda do alemão Alexander Zverev.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis