Notícias | Dia a dia
Schwartzman faz sua primeira semi de Masters 1000
17/05/2019 às 10h33

Roma (Itália) - Vindo de resultados apenas razoáveis nos últimos torneios no saibro, o argentino Diego Schwartzman conseguiu um enorme feito nesta semana no Masters 1000 de Roma: pela primeira vez vai disputar uma semifinal neste nível de torneio.

Com a vitória desta sexta-feira sobre o japonês Kei Nishikori, contra quem marcou parciais de 6/4 e 6/2, em 1h27 de confronto, ele se garantiu na semi e agora irá esperar pelo vencedor do confronto entre o compatriota Juan Martin del Potro o sérvio Novak Djokovic.

Schwartzman conseguiu apenas uma vitória na chave principal em cada um dos quatro torneios que disputou no saibro europeu e só conquistou um resultado mais expressivo na terra batida dentro de casa, fazendo final em Buenos Aires, mas amargando queda na estreia no Rio Open e na segunda rodada em Córdoba.

Ao derrubar o atual número 6 do mundo, Schwartzman anotou sua maior vitória da carreira, uma vez que nunca havia superado um rival que estivesse entre os seis melhores da ATP. O argentino fora derrotado nos 15 duelos anteriores contra rivais com ranking igual ou superior ao de Nishikori.

O argentino tem tudo também para comemorar o retorno ao top 20, ganhando provisoriamente quatro colocações e indo para o 20º lugar. Ele só não sairá do Foro Itálico entre os 20 melhores do mundo se o espanhol Fernando Verdasco conquistar o título do torneio no domingo.

Para derrubar Nishikori em sets diretos, o ‘hermano’ usou a tradicional consistência, cometeu metade dos 28 erros não forçados do rival e anotou apenas três bolas vencedoras a menos (12 a 15). Schwartzman somou 11 break-points na partida, concretizando cinco, e cedeu três chances de quebra ao japonês, perdendo o saque duas vezes.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis