Notícias | Dia a dia
Zverev joga pela 7ª semana seguida, Dimitrov no quali
17/05/2019 às 18h10

Zverev jogou seis torneios seguidos, mas só conseguiu cinco vitórias

Foto: Divulgação

Genebra (Suíça) - Pela sétima semana consecutiva, Alexander Zverev disputará um torneio no saibro. Ainda tentando chegar a Roland Garros com confiança e ritmo de jogo, o alemão será uma das atrações do ATP 250 de Genebra.

Nas últimas seis semanas, Zverev jogou os Masters 1000 de Monte Carlo, Madri e Roma, além dos ATPs de Marrakech, Barcelona e Munique. Apesar do calendário extenso, o jovem jogador de 22 anos acumulou apenas cinco vitórias nesse período.

Número 4 do mundo, Zverev é o principal nome do torneio e estreia contra o vencedor da partida entre o letão Ernests Gulbis e o japonês Yoshihito Nishioka. O cabeça de chave mais próximo e o italiano Andrea Seppi, oitavo favorito.

Ainda na parte de cima da chave está o húngaro Marton Fucsovics, atual campeão do torneio e 37º do ranking. Fucsovics é o quarto cabeça de chave e espera pelo jogo entre o argentino Federico Delbonis ou um rival vindo do quali. Quem pode pintar nas quartas é o canhoto francês Adrian Mannarino.

Bicampeão em Genebra nos anos de 2016 e 2017, Stan Wawrinka é o segundo mais bem cotado ao título. Ex-número 3 do mundo e atual 29º colocado, o suíço pode enfrentar o canhoto espanhol Feliciano López ou um adversário vindo do quali na estreia. O moldavo Radu Albot é um possível adversário nas quartas.

Já o chileno Cristian Garin, 35º do ranking e vencedor de dois torneios da ATP na temporada, é o terceiro cabeça de chave. O primeiro adversário de Garin pode sar um jogador saído da fase classificatória ou o japonês Taro Daniel. O cabeça mais próximo é o australiano Matthew Ebden, mas também há a possibilidade de duelo chileno contra Nicolas Jarry.

Dimitrov joga o quali - O búlgaro Grigor Dimitrov recebeu convite para a disputa do qualificatório em Genebra. Ex-top 3 e atual 48º do ranking, Dimitrov só venceu três jogos no saibro em 2019. Ele estreia contra o suíço Marc-Andrea Huesler, número 276 do mundo. Se vencer, pode enfrentar o sérvio de 18 anos Marko Miladinovic ou o italiano Thomas Fabbiano.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis