Notícias | Dia a dia
Menezes brilha e conquista seu primeiro challenger
19/05/2019 às 08h40

Menezes voltará ao top 300 e atingirá seu melhor ranking

Foto: ATP

Samarkand (Uzbequistão) - O mineiro João Menezes coroou a excelente campanha no challenger de Samarkand com a conquista do título neste domingo, seu primeiro neste nível na carreira. Ele teve que superar uma mini rodada dupla para levantar a taça no saibro uzbeque, primeiro completando a virada na semifinal contra o indiano Sumit Nagal.

Na primeira partida do dia, bastou ao mineiro de 22 anos vencer os dois games que faltavam para concretizar o seu triunfo para cima do cabeça de chave 15, batendo Nagal com parciais de 5/7, 6/4 e 6/3. Mais tarde, ele voltou às quadras para decidir o título com o principal favorito ao título, o francês Corentin Moutet, atual 123 do mundo.

Tendo perdido apenas um set em toda sua campanha, justamente o da semi, Menezes brilhou na equilibrada decisão e venceu em dois tiebreaks, anotando parciais de 7/6 (7-2) e 7/6 (9-7) para assim conquistar seu maior título da carreira e der um grande salto no ranking.

Atual 355 do mundo, o mineiro irá alcançar sua melhor marca na ATP na próxima segunda-feira. Com os 80 pontos somados nesta semana, ele vai subir 69 colocações e atingir o 286º lugar, voltando ao top 300 e superando o recorde pessoal, que era a 292ª posição. Menezes ainda levará para casa uma premiação de US$ 7.200.

Como foi a vitória de Menezes na final

Menezes largou com quebra no primeiro set e chegou a abrir 5/2, sacando logo em seguida em 5/3 para fechar a parcial. Ele então encarou dois break-points contra e não resistiu ao segundo, perdendo o serviço. O mineiro ainda teve um set-point no 11º game, no serviço de Moutet, não aproveitou e só foi mesmo fazer 1 a 0 ao levar o tiebreak.

A segunda parcial foi marcada por uma série de quebras nos sete primeiros games, com três breaks para cada lado. Menezes conseguiu bater o saque do francês ainda mais uma vez e sacar para o jogo em 6/5, só que novamente vacilou e teve que encarar outro tiebreak. Ele foi superior no desempate, não encarou set-points contra e sacramentou a vitória no terceiro match-point que teve.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis