Notícias | Dia a dia
Monteiro vence no quali de RG, Rogerinho eliminado
20/05/2019 às 13h57

Monteiro busca sua segunda participação em RG

Foto: Arquivo

Paris (França) - Começou nesta segunda-feira o qualificatório para Roland Garros com a presença de dois brasileiros na chave masculina. O paulista Rogério Silva não teve final feliz e acabou caindo logo na estreia, mas o cearense Thiago Monteiro salvou o dia e passou por seu primeiro obstáculo rumo à chave principal do segundo Grand Slam da temporada.

Primeiro a entrar em quadra, Rogerinho reencontrou Kimmer Coppejans, que o derrotara no confronto pelo playoff da Copa Davis em fevereiro. Mais uma vez o belga levou a melhor, mas desta vez deixou um set para o brasileiro, triunfando com o placar final de 6/3 6/7 (6-8) e 6/4, depois de 2h33 de batalha.

O paulista saiu atrás e perdeu o primeiro set com uma quebra de diferença. Na segunda parcial, ele esteve em desvantagem em duas oportunidades distintas, mas se recuperou, forçou o tieberak e empatou o jogo. Rogerinho chegou a abrir 2/0 no set final, só que amargou duas quebras e acabou superado mais uma vez por Coppejans.

A estreia de Monteiro foi melhor, não só pela vitória, mas também pelo placar, definindo o jogo contra o egípcio Mohamed Safwat com parciais de 7/6 (7-3) e 6/0. No primeiro set, o cearense conseguiu uma quebra no sexto game, mas perdeu a vantagem no nono, quando sacava para fechar. Ele ainda teve dois set-points no 10º, mas só foi definir o 1 a 0 no tiebreak.

Com a vantagem no marcador, o canhoto de Fortaleza deslanchou na partida e teve uma segunda parcial bem mais tranquila. Logo de cara ele saiu quebrando e fez 2/0 ao confirmar o serviço em seguida. Safwat não apenas foi incapaz de tentar uma reação, como acabou levando mais dois breaks e caiu com um ‘pneu’ para Monteiro.

Sétimo mais bem cotado, o cearense espera agora pelo vencedor da partida entre o tcheco Zdenek Kolar, atual 212 do mundo, e o atleta da casa Antoine Cornut-Chauvinc, 430º do mundo. Caso vença a segunda, Monteiro tem como rival mais perigoso na última fase o sul-coreano Soonwoo Kwon, cabeça de chave 30.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis