Notícias | Dia a dia
Friedsam é a única alemã restante em Nuremberg
22/05/2019 às 18h21

Friedsam já foi top 50, mas ficou mais de um ano sem jogar por lesão no ombro

Foto: Divulgação

Nuremberg (Alemanha) - Após a realização de treze jogos nesta quarta-feira, válidos pela primeira e segunda rodada do WTA de Nuremberg, apenas uma anfitriã conseguiu chegar às quartas de final do torneio. A convidada Anna-Lena Friedsam será a última representante da casa em busca do título no saibro alemão.

Friedsam não precisou de rodada dupla nesta quarta-feira. Ela levou a melhor no duelo alemão contra a ex-top 10 Andrea Petkovic ao marcar 6/3 e 6/1. Sua próxima adversária será a cazaque Yulia Putintseva, principal cabeça de chave e 39ª do ranking, que venceu a alemã Mona Barthel por 7/6 (10-8) e 6/1.

Ex-número 45 do mundo, Friedsam ficou mais de um ano sem jogar por lesão e cirurgia no ombro. Este é apenas o quarto torneio que a alemã de 25 anos disputa em 2019 e ela ocupa atualmente apenas o 523º lugar do ranking mundial.

Quem conseguiu vencer dois jogos foi a tcheca Katerina Siniakova, segunda favorita no torneio e número 43 do mundo. Ela estreou vencendo a luxemburguesa Mandy Minella por 1/6, 6/3 e 6/2. Depois, bateu a sueca Johanna Larsson por 4/6, 6/0 e 6/3. Siniakova agora enfrenta a norte-americana Sorana Cirstea.

Ainda nesta quarta-feira, a cabeça 3 australiana Ajla Tomljanovic perdeu por 6/3 e 6/4 para a eslovena Tamara Zidansek, próxima adversária da russa Veronika Kudermetova. O outro duelo das quartas envolve a romena Sorana Cirstea e a sérvia Nina Stojanovic.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis