Notícias | Dia a dia
Yastremska salva match point e conquista seu 3º WTA
25/05/2019 às 13h19

Ucraniana de 19 anos levou a melhor contra Garcia na final

Foto: Divulgação

Estrasburgo (França) - Com apenas 19 anos, Dayana Yastremska já acumula três títulos de WTA. A promissora atleta ucraniana faturou o troféu no saibro francês de Estrasburgo depois de vencer uma duríssima final de 2h58 contra a anfitriã Caroline Garcia. Yastremska chegou a salvar um match point na vitória por 6/4, 5/7 e 7/6 (7-3).

O primeiro título de Yastremska foi conquistado no fim do ano passado, em Hong Kong. Já em fevereiro deste ano, a ucraniana também foi campeã em Hua Hin, na Tailândia. Atual número 42 do mundo, ela recebe 280 pontos e descarta apenas 20 de seu 16º e último resultado válido. Dessa forma, ela certamente terá o melhor ranking da carreira e deve alcançar a 32ª posição.

Por sua vez, Garcia, disputou a nona final da carreira. Campeã do torneio em 2016, a francesa de 25 anos buscava seu sétimo título. A ex-número 4 do mundo atualmente aparece na 24ª posição do ranking e receberá 180 pontos pela boa campanha em Estrasburgo.

As duas jogadoras agora seguem para a disputa de Roland Garros. Yastremska desafia a espanhola Carla Suárez Navarro, ex-top 10 e cabeça 28 do torneio, enquanto Garcia encara a alemã Mona Barthel.

As duas jogadoras estiveram perto da vitória
O set inicial da partida deste sábado teve sete quebras de serviço. Ainda que Garcia tenha começado o jogo vencendo por 2/0, Yastremska regaiu rapidamente e teve aproveitamento perfeito em seus quatro break points na parcial. Destaque para uma sequência de ótimas devoluções quando o placar estava empatado por 4/4 antes de a ucraniana sacar para o set.

Yastremska começou o segundo set com 2/0 e ainda teve dois break points que poderiam aumentar sua vantagem. Mesmo enfrentando games longos e seis chances de quebra, a jovem de 19 anos foi sustentando sua vantagem e chegou a liderar por 5/3. A ucraniana teve dois match points no serviço de Garcia e teve a chance de sacar para o jogo, mas permitiu o empate. Empurrada pela torcida, a francesa ganhou confiança e voltou a quebrar. Yastremska cometeu 28 erros não-forçados só no segundo set.

No início do terceiro set, Yastremska precisou de atendimento médico para o pé direito. As duas jogadoras trocaram quebras nos primeiros games da parcial decisiva, mas depois as sacadoras dominaram. A única chance de quebra depois disso foi justamente um match point a favor de Garcia, no momento em que a francesa vencia por 5/4. A ucraniana conseguiu manter o game serviço e forçou o tiebreak. No game desempate, a jovem de 19 anos contou com dois erros da anfitriã para abrir vantagem e ainda conseguiu vencer dois pontos importantes no saque da adversária para chegar à vitória.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis