Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Britânica desiste após o sorteio e recebe premiação
25/05/2019 às 19h49

Último torneio de Boulter foi a Fed Cup em abril

Foto: Arquivo

Paris (França) - Embora esteja afastada do circuito há mais de um mês, a britânica Katie Boulter, número 112 do mundo, só deixou para anunciar sua desistência de Roland Garros na manhã da última sexta-feira. Dessa forma, ela receberá 50% da premiação de primeira rodada em Paris. O valor ficará em torno de US$ 23 mil euros.

O sorteio da chave foi realizado na última quinta-feira. Boulter enfrentaria a croata Donna Vekic pela primeira rodada, mas seu lugar na chave será ocupado pela russa vinda do quali Ludmilla Samsonova, 161ª do ranking.

Boulter era a número 85 do mundo no ranking do dia 15 de abril, utilizado como base para a inscrição no torneio. Entretanto, ela não atua desde o confronto entre Grã-Bretanha e Cazaquistão pela Fed Cup, nos dias 20 e 21 de abril. De acordo com o jornal britânico The Times, ela tem uma fratura por stress nas costas. Ela viajou de Londres e Paris na sexta-feira e foi examinanda pelo médico do torneio antes de confirmar a desistência.

"Estou tão decepcionada por desistir de Roland Garros", escreveu Boulter no Twitter na última sexta-feira. "Eu ainda esperava ter uma chance de competir, mas os médicos me aconselharam a não correr riscos com minhas costas. Não posso esperar para voltar às quadras em breve".

O torneio tem duas jogadoras lucky-losers, a húngara Timea Babos e a tcheca Marie Bouzkova. Isso porque a italiana Camila Giorgi também desistiu de Roland Garros, mas o fez antes do sorteio, mas com o quali em andamento, e não receberá premiação.

De acordo com as novas regras dos torneios Grand Slam, em vigor desde o Australian Open do ano passado, todos os tenistas que desistem depois do sorteio, mas antes de entrarem em quadra ganham metade da premiação. A medida visa coibir as desistências com partidas da primeira em andamento, além de garantir maior competitividade para as partidas das fases inciais.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series