Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Serena busca a virada e celebra a vitória nº 800
27/05/2019 às 14h30

Depois de perder o primeiro set, Serena sequer enfrentou break points no restante da partida

Foto: Divulgação

Paris (França) - Com uma preparação para Roland Garros bastante prejudicada por uma lesão no joelho esquerdo, Serena Williams passou por altos e baixos em sua partida de estreia. A tricampeã começou atrás no placar, mas buscou a virada contra a russa Vitalia Diatchenko, 83ª do ranking, por 2/6, 6/1 e 6/0 em 1h30 de partida. Esta foi a vitória número 800 da carreira dessa lenda do tênis feminino.

Serena disputa apenas seu quinto torneio na temporada. A partida desta segunda-feira foi a décima da norte-americana em 2019, sendo a segunda no saibro. Há duas semanas, ela disputou a primeira rodada em Roma, mas abandonou o torneio antes de atuar pela fase seguinte, em que enfrentaria a irmã Venus Williams.

Ex-número 1 do mundo, Serena aparece atualmente no décimo lugar do ranking da WTA e tem 240 pontos a defender em Paris, por ter chegado às oitavas de final no ano passado. A veterana de 37 anos e vencedora de 23 títulos de Grand Slam, já foi campeã em Paris nos anos de 2002, 2013 e 2015.

A próxima adversária de Serena em Roland Garros virá da partida entre a japonesa Kurumi Nara, número 238 do mundo, a eslovena Dalila Jakupovic, 105ª colocada. As duas são adversárias inéditas na carreira da ex-líder do ranking mundial.

Serena demorou para encontrar seu melhor nível
Nos primeiros games da partida estava bem claro que Serena ainda não tinha encontrado seu melhor nível de tênis. A ex-número 1 colocou apenas 54% de primeiros serviços em quadra e só venceu onze dos 24 pontos jogados com o próprio saque. Serena permitiu duas quebras à russa e terminou a parcial com apenas cinco winners e 14 erros não-forçados.

O começo do segundo set foi bem melhor para Serena, que confirmou rapidamente seus dois primeiros games de serviço e ainda contou com uma série de erros da adversária russa para abrir 3/0. Mais confortável em quadra, a ex-número 1 conseguiu mais uma quebra e dominou a parcial, com 9 a 3 em winners e apenas seis erros.

O jogo ficou ainda mais nas mãos de Serena no terceiro set. A tricampeã do torneio só perdeu um ponto em seus games de serviço e conseguiu pressionar nas devoluções para vencer doze pontos em vinte possíveis no saque da adversárias para conseguir três novas quebras e consolidar o 'pneu'. Serena terminou o jogo com oito aces, 21 winners e 22 erros não-forçados.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series