Notícias | Dia a dia | Roland Garros
'Fiz muitas coisas bem hoje', comemora Nadal
27/05/2019 às 18h27

Nadal não teve o serviço quebrado na estreia em Roland Garros

Foto: Divulgação

Paris (França) - A boa estreia em Roland Garros animou Rafael Nadal. Onze vezes campeão do Grand Slam francês, o espanhol saiu de quadra bastante satisfeito com o desempenho apresentado no jogo contra o alemão Yannick Hanfmann. Na visão do número 2 do mundo, são vários os motivos para comemorar.

Nadal vence 430ª no saibro e segue ampliando marcas

"Fiz muitas coisas bem hoje", disse Nadal após vencer Hanfmann por 6/2, 6/1 e 6/3 em 1h57 de partida. "Não cometi muitos erros e fui muito sólido o tempo todo. Estou feliz por estar na segunda rodada. E a principal coisa hoje foi ter vencido em sets diretos", acrescenta o espanhol que não teve o serviço quebrado na estreia, enfrentou apenas quatro break points e terminou o jogo com 25 winners e 16 erros não-forçados.

Ainda que Hanfmann fosse um adversário inédito em sua carreira, Nadal tinha um bom conhecimento sobre o alemão de 27 anos e 180º colocado. "Vi um jogo do Yannick no ano passado em Munique contra o Zverev. Então, eu me lembrava um pouco. E hoje, com o YouTube, você pode encontrar as coisas. Eu vi alguns melhores momentos de seus jogos e pude ter uma ideia sore o que fazer".

"Saio com pensamento muito positivo. Todo ano tenho um novo desafio e hoje consegui vencer o meu primeiro", acrescenta o número 2 do mundo, que enfrentará mais um adversário alemão vindo do quali. Seu próximo adversário é Yannick Maden, 114º colocado, que derortou o belga Kimmer Coppejans por 7/6 (7-0), 7/5 e 6/3.

Assim como já havia falado na entrevista pré-torneio, na última sexta-feira, Nadal foi perguntado sobre as transformações na quadra Philippe Chatrier, que passou por uma ampla reconstrução nos últimos doze meses. Agora com 87 vitórias e apenas duas derrotas em Paris, o espanhol acredita que as condições de jogo são as mesmas do antigo estádio. "A sensação de jogar nesta quadra é a mesma. O vento vem na mesma direção. Ainda é uma quadra muito grande. Eu não vejo nenhuma diferença".

Depois de passar em branco nos três primeiros torneios da temporada de saibro, Nadal encontrou seu melhor nível de tênis em Roma, onde foi campeão, e avalia sua preparação para Roland Garros.

"Em Monte Carlo, eu não estava pronto. Em Madri joguei bem, mas acho não foi o suficiente. Isso acontece quando você joga contra os melhores do mundo e perde, mas consegui vencer em Roma", comenta o espanhol que havia caído em três semifinais consecutivas no saibro. Ele perdeu para Fabio Fognini em Monte Carlo, para Dominic Thiem em Barcelona e para Stefanos Tsitsipas em Madri. Já na capital italiana, foi campeão ao vencer Novak Djokovic na final.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series