Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Soares e Murray se despedem com derrota de virada
28/05/2019 às 08h44

Paris (França) - O último torneio da dupla formada pelo mineiro Bruno Soares e pelo britânico Jamie Murray durou muito pouco. Fazendo sua despedida em Roland Garros, a parceria não conseguiu sequer passar da estreia e foi eliminada nesta terça-feira com uma derrota de virada para os italianos Matteo Berrettini e Lorenzo Sonego, com placar final de 4/6, 7/5 e 7/6 (7-4), após 2h13 de confronto.

Campeões do Australian Open e do US Open de 2016, o brasileiro e o britânico não estarão mais juntos a partir da temporada de grama, quando Bruno terá como parceiro o croata Mate Pavic. Ainda no saibro parisiense, o duplista mineiro jogará a chave de duplas mistas ao lado da norte-americana Nicole Melichar, com quem dividiu a quadra neste ano em Melbourne.

A partida começou favorável aos cabeças de chave número 2, que chegaram a sacar para o primeiro set em 5/3, tiveram a quebra de vantagem devolvida, mas obtiveram outra logo em seguida para abrir 1 a 0. Entretanto, o mineiro e o britânico não conseguiram mais pressionar o suficiente o saque dos rivais a ponto de obter novas quebras até o fim do confronto.

Na segunda parcial, um break no 11º e penúltimo game acabou decretando o empate dos italianos, que levaram a definição para o terceiro set, no qual nenhuma das duplas conseguiu um único break-point a favor e a decisão ficou para o tiebreak. Soares e Murray salvaram o primeiro match-point que enfrentaram, mas não resistiram ao segundo e se despediram logo na estreia.

Os italianos algozes da parceria mineiro-britânica terão pela frente quem passar do embate envolvendo os argentinos Diego Schwartzman e Guido Pella e os convidados da casa Clement Tabur e Hugo Gaston.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series