Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Melo aprova boa estreia, Soares de olho no futuro
28/05/2019 às 18h57

Principais cabeças de chave, Melo e Kubot superaram dupla espanhola na estreia em Roland Garros

Foto: Divulgação

Paris (França) - A boa vitória na estreia da chave de duplas em Roland Garros foi bastante comemorada por Marcelo Melo. O mineiro e seu parceiro polonês Lukasz Kubot destacaram a calma nos momentos decisivos do duelo contra os espanhóis Roberto Carballes Baena e Jaume Munar e acredita que o entrosamento da parceria também foi determinante.

"Foi um jogo importante, era duro, diante de dois jogadores de simples que atuam muito bem nessas condições no saibro", disse Melo após a vitória por 6/3 e 7/6 (7-2) diante da parceria espanhola.

"Acho que foi importante manter a calma no segundo set, especialmente no tie-break. Conseguimos recuperar bem para ganhar", comenta o mineiro, que enfrentou três set points durante a parcial. "Aproveitamos também o ritmo de jogo que tínhamos dos torneios no saibro e usamos a nossa experiência. Muito feliz com esse resultado".

Principais cabeças de chave em Paris, Melo e Kubot aguardam os vencedores da partida entre o esloveno Aljaz Bedene e o polonês Hubert Hurkacz diante do holandês Wesley Koolhof e do neozelandês Marcus Daniell. "Agora é seguir passo a passo aqui em busca de mais uma vitória na próxima rodada".

Parceria entre Soares e Murray chega ao fim

Eliminado na estreia de Roland Garros, Bruno Soares já está de olho no futuro. O Grand Slam francês foi o último evento do mineiro ao lado do britânico Jamie Murray e a participação em Paris durou apenas uma partida.

"O jogo hoje foi no detalhe. Os caras jogaram bem, foram poucas chances dos dois lados e todo mundo sacou bem", comentou Bruno Soares após a derrota por 4/6, 7/5 e 7/6 (7-4) para os italianos Matteo Berrettini e Lorenzo Sonego.

"Infelizmente a parceria acabou assim, mas temos que lembrar de Bruno e Jamie com as conquistas que tivemos, os Grand Slams, os títulos, os bons resultados e mais de três anos de sucesso," comenta o mineiro, que conquistou dez títulos ao lado de Murray, com destaque para o Australian Open e o US Open de 2016.

Bruno Soares segue em Paris para jogar a competição de duplas mistas ao lado da americana Nicole Melichar. Cabeças de chave 1, eles estreiam contra Lucie Hradecka e Rohan Bopanna. Depois de Roland Garros, o mineiro inicia a temporada de grama ao lado do novo parceiro, o croata Mate Pavic.

Demoliner estreia na quarta-feira

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Marcelo Demoliner (@mdemoliner) em

O gaúcho Marcelo Demoliner será o terceiro brasileiro a estrear nas duplas em Roland Garros. Demoliner e o indiano Divij Sharan entram em quadra às 6h (de Brasília) para enfrentar o sueco Robert Lindstedt e o húngaro Marton Fucsovics.

"Estamos treinando bem, confiantes e esperamos fazer um bom torneio, vamos que vamos para esta estreia", disse Demoliner que ao lado de Sharan foi finalista no saibro do ATP 250 de Munique. Durante a temporada de saibro, o gaúcho de 30 anos também chegou às quartas e final nos Masters 1000 de Monte Carlo e Madri junto com o russo Daniil Medvedev.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series