Notícias | Dia a dia | Roland Garros
'Sabia que a estreia seria difícil', afirma Zverev
28/05/2019 às 19h51

Zverev precisou de cinco sets para superar a estreia em Paris

Foto: Divulgação

Paris (França) - Depois de vencer uma batalha de cinco sets e 4h08 em sua partida de estreia em Roland Garros, Alexander Zverev disse que já esperava ter um jogo difícil nesta terça-feira. O número 5 do mundo ainda fez questão de enaltecer a atuação de seu adversário, o australiano John Millman.

"Para ser honesto, foi exatamente como eu esperava que fosse. Eu sabia que seria um jogo muito difícil e estou feliz por ter vencido", disse Zverev ao Tennis Channel após a vitória por 7/6 (7-4), 6/3, 2/6, 6/7 (5-7) e 6/3. O alemão terminou o jogo com 73 erros não forçados, incluindo 14 duplas faltas.

"John é alguém que joga muito bem nos Grand Slam, ele sempre fez isso e está em ótima forma", comentou sobre Millman, que eliminou Roger Federer do US Open do ano passado. O australiano de 29 anos é o atual 56º colocado no ranking mundial. O próximo adversário de Zverev será o sueco Mikael Ymer, 148º do ranking.

Zverev disputou competições em todas as sete semanas da temporada de saibro antes de Roland Garros. Mas fora de quadra, o alemão viveu um período conturbado, com problemas de saúde com o pai [Alexander Zverev Sr.], desentendimento com empresários e representantes de sua carreira, além do rompimento de um relacionamento amoroso.

"As últimas semanas e os últimos meses não foram fáceis para mim, também no ponto de vista pessoal", explicou o alemão de 22 anos. "Então eu apenas me lembrei que eu ainda sou um dos melhores tenistas do mundo e tentei pensar em coisas positivas. Agora vou ter a oportunidade de jogar novamente aqui na segunda rodada".

Na semana passada, Zverev conquistou seu primeiro título da temporada em Genebra, onde venceu quatro jogos seguidos para ser campeão. "Este ano eu perdi muitos jogos apertados no saibro, mas conseguir vencer partidas assim em Genebra. Isso me ajudou hoje também. Obviamente as condições são muito diferentes. O jogo de hoje foi muito difícil, mas eu acho ótimo que eu tenha passado. Isso é o mais importante".

Comentários
Faberg
Roland Garros Series