Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Federer joga o básico e despacha 144º do ranking
29/05/2019 às 12h53

Federer voltou a mostrar grande elasticidade e não dá sinais de que a contusão na perna ainda incomode

Foto: Site oficial

Paris (França) - O suíço Roger Federer jogou muito bem com o saque, falhou além do normal no papel de devolvedor, porém sua imensa superioridade técnica prevaleceu sobre o alemão Oscar Otte, 144º do mundo aos 25 anos, e o cabeça 3 avançou à terceira rodada de Roland Garros com as parciais de 6/4, 6/3 e 6/4.

Seu adversário de terceira rodada será um membro da nova geração: o norueguês Casper Ruud, de apenas 20 e 63º do ranking, que causou certa surpresa ao despachar em sets diretos o italiano Matteo Berrettini, cabeça 29 e que ganhou um ATP no saibro neste ano em Budapeste.

Dono de números fabulosos na carreira, Federer chega à 344ª vitória de Grand Slam, em que é recordista absoluto, e à 1.204ª no total. No saibro, são 220 e em Roland Garros, 67, ainda a segunda maior coleção da Era Profissional, atrás somente das 88 de Rafael Nadal.

Em 18 participações no saibro parisiense, e a primeira desde 2015, Federer atinge a terceira rodada pela 15ª vez. Aliás, ele também ganhou dois jogos em Madri e em Roma, nas últimas semanas, que marcaram seu retorno ao circuito do saibro europeu.

Apesar do pequeno currículo, Otte surpreendeu pelo estilo agressivo que adotou desde o começo da partida. O alemão de 25 anos só havia disputado quatro partidas de nível ATP até então e, mesmo na faixa dos challengers, levantou um único título na carreira. Entrou como 'lucky-loser' no torneio pelo segundo ano seguido.

Federer jogou de formas distintas no primeiro set. Com o saque, acertou 81% do primeiro serviço e viveu momentos tranquilos. Como devolvedor, no entanto, falhou muito até mesmo em bolas mais curtas. Só levou vantagem quando Otte sentiu a pressão de sacar com 4/5 e jogou na altura do seu ranking.

O segundo set vinha no mesmo panorama até que finalmente Federer fez um game consistente de devolução. Fez Otte jogar, aproveitou chance para ir à frente e colocar pressão. Mas com 5/3, levou um susto ao permitir 15-40. O saque resolveu e bolas anguladas precisas garantiram o set.

O alemão deu um susto no terceiro set. Além de manter-se firme no saque, teve outro 15-40 no quarto game e viu Federer usar muito bem forehands angulados para sair do buraco. Outra vez, com 4/4, suíço usou a experiência para colocar pressão e obteve a quebra necessária para fechar o jogo de 95 minutos.

Federer finalizou a exibição com 35 winners mas 24 erros, um número acima do que vinha fazendo em jogos anteriores, mesmo se considerando os três sets. O saque andou bem: 75% de acerto do primeiro serviço e 75% desses pontos vencidos.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series