Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Joelho dá susto, mas Delpo vira e segue adiante
30/05/2019 às 14h50

Del Potro pediu atendimento e precisou de proteção no joelho direito para conseguir se recuperar

Foto: Reprodução

Paris (França) - Foi bastante dura a segunda partida do argentino Juan Martin del Potro em Roland Garros. Depois de uma firme estreia frente ao chileno Nicolas Jarry, ele precisou de 3h46 para derrotar o japonês Yoshihito Nishioka por 3 sets a 2, com o placar final de 5/7, 6/4, 6/2, 6/7 (5-7) e 6/2. Seu próximo rival será o australiano Jordan Thompson, algoz do croata Ivo Karlovic com 6/3, 6/4, 6/7 (2-7) e 6/3.

O primeiro set foi de dois sustos para o argentino, primeiro por ter sentido uma instabilidade no joelho lesionado no ano passado ao deslizar para rebater uma bola e depois por sair atrás no marcador, vendo Nishioka fazer 1 a 0. Delpo então pediu atendimento médico, recebeu uma proteção para deixar o joelho mais firme e seguiu na partida.

A recuperação começou com uma quebra no quinto game do segundo set, que foi prontamente devolvida. Contudo, Del Potro ainda anotou mais uma para empatar o jogo. O argentino tomou a dianteira ao vencer também a terceira parcial, em que superou o serviço de Nishioka no primeiro game e outra vez no sétimo.

Precisando de apenas mais um set para fechar o jogo, a Torre de Tandil saiu perdendo por 3/0 no quarto, se recuperou e buscou a igualdade, levou a definição para o tiebreak. Del Potro acabou se dando mal e precisou jogar a quinta parcial, que foi para o seu lado graças a um break no quarto game e outro no oitavo e último. Ele terminou a partida com 68 winners e 65 erros não forçados.

Schwartzman eliminado de virada

No duelo todo argentino, que começou na quarta-feira e foi paralisado por falta de luz natural para então terminar somente nesta quinta, Leonardo Mayer concretizou a virada que já estava em curso e eliminou o 17º favorito Diego Schwartzman com parciais de 4/6, 6/3, 6/4 e 7/5, depois de 3h07 de confronto.

Mayer terá agora pela frente o francês Nicolas Mahut, que se despede de Roland Garros em simples igualando sua melhor campanha da carreira no torneio. O atleta da casa de 37 anos venceu o argentino de Corrientes nas duas vezes que se enfrentaram, a última delas em 2013. Se repetir o feito, ele conseguirá alcançar pela primeira vez as oitavas no saibro parisiense.

Bautista e Coric alcançam a terceira rodada

Cabeça de chave 13, o croata Borna Coric se garantiu na terceira rodada do segundo Grand Slam da temporada ao superar o sul-africano Lloyd Harris em sets diretos, com parciais de 6/2, 6/3 e 7/6 (7-2). Seu próximo oponente será o alemão Jan-Lennard Struff, que derrubou o moldávio Radu Albot em quatro sets e três tiebreaks, com placar final de 7/6 (7-2), 7/6 (7-3), 6/7 (4-7) e 6/2.

Outro favorito que seguiu adiante foi o espanhol Roberto Bautista, responsável por derrubar o norte-americano Taylor Fritz em sets diretos, com parciais de 6/2, 6/3 e 6/2. Por um lugar nas oitavas, o 18º pré-classificado medirá forças com o vencedor do jogo entre o italiano Fabio Fognini e o argentino Federico Delbonis.

Comentários