Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Para Federer, foi importante ter um bom teste
31/05/2019 às 18h32

Federer ainda não perdeu sets nas primeiras fases de Roland Garros

Foto: Divulgação

Paris (França) - Ainda sem perder sets em seus três primeiros jogos em Roland Garros, Roger Federer destacou a importância de ter encarado um bom teste nesta sexta-feira. Depois de dominar as duas primeiras parciais, o número 3 do mundo foi exigido no terceiro set contra o jovem norueguês de 20 anos Casper Ruud.

"Gostei da partida. Acho que foi um jogo difícil, mesmo que eu tenha aberto uma boa vantagem no começo", disse Federer após a vitória por 6/3, 6/1 e 7/6 (10-8) sobre Ruud nesta sexta-feira em Paris. "Também é muito importante saber que posso dominar o jogo, como fiz por um set e meio. Isso me dá confiança para o próximo jogo".

"Não posso dizer se estou jogando no meu nível mais alto, mas é muito importante ter alcançado as oitavas de final. Estou feliz por estar nessa posição depois de tantos anos sem jogar aqui. É como se o objetivo já estivesse cumprido e a partir de agora eu pudesse jogar ainda mais solto", acrescenta o suíço, que não disputava o Grand Slam francês há quatro anos.

"Estou bem fisicamente e jogando um bom tênis. Consegui vencer um especialista nesta superfície em um jogo difícil. Então estou muito satisfeito. Eu não tenho nada a perder e vou continuar jogando tão solto quanto eu puder", complementou o veterano de 37 anos, que enfrenta nas oitavas de final o argentino Leonardo Mayer.

Federer também aposta em um futuro promissor para Ruud, que está com o melhor ranking da carreira no 63º lugar e disputou recentemente sua primeira final de ATP em Houston. "Gostei muito do jogo dele. Acho que ele será top 50 ou até top 20 muito em breve".

"O terceiro set poderia ter ido para qualquer lado. Ele teve chances no começo e depois teve novamente. Foi bom ver que ele ficou no jogo. Penso que o primeiro set também foi difícil. Ele vai ser bom no futuro e tem uma ótima atitude. É muito calmo e muito quieto", complementou o suíço.

A partida desta sexta-feira foi a de número 400 na carreira de Federer em Grand Slam. Ele agora acumula 345 vitórias e 55 derrotas em torneios deste porte. "É verdade que joguei muitas partidas em torneios de Grand Slam, mas é ainda mais agradável conseguir essa marca em Roland Garros. Tenho muitos recordes em Wimbledon e no US Open, mas fazer qualquer coisa em Paris é muito especial, porque foi o primeiro Grand Slam que eu disputei".

Comentários
Faberg
Roland Garros Series