Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Alemão que voleia será o adversário de Djokovic
01/06/2019 às 12h59

Struff é tenista de golpes potentes

Foto: Site oficial

Paris (França) - Impulsionado por seu 1,95m e saque acima dos 210 km/h, o alemão Jan-Lennard Struff causou outra surpresa em Roland Garros, derrotou Borna Coric num longo quinto set e será o adversário de Novak Djokovic nas oitavas de final de segunda-feira.

Na maratona de 4h22 deste sábado, foi 53 vezes á rede, metade delas atrás do primeiro saque, e ganhou 32 desses pontos. Para completar o duro placar de 4/6, 6/1, 4/6, 7/6 (7-1) e 11/9, disparou 66 winners dos quais 21 foram aces a até 214 km/h. Graças a isso, conseguiu salvar 16 dos 20 break-points que encarou. Viu Coric sacar para o jogo com 7/6 e se salvou de quebra no game seguinte.

Número 45 do ranking, Struff não é nenhum garoto. Acaba de completar 29 anos, mas sua frequência nos torneios de primeira linha é bem mais recente. Soma agora 106 vitórias em seus 235 jogos de nivel ATP, sendo apenas 12 em 34 de Grand Slam. Joga Roland Garros pela sétima vez e só tinha duas vitórias nas edições anteriores.

Esta é a primeira vez que chega tão longe num Grand Slam, tendo parado duas vezes na terceira rodada. Não foi mal na recente série sobre o saibro europeu, perdendo para Rafael Nadal nas quartas de Barcelona e para Kei Nishikori nas oitavas de Roma. Seu pior resultado foi a derrota para Thiago Monteiro na estreia de Munique.

Na atutal temporada, Struff já venceu vários adversários de peso. Passou por Marin Cilic e Grigor Dimitrov em Roma, David Goffin e Stefanos Tsitsipas em Barcelona, além de Nick Kyrgios em Madri, Milos Raonic em Dubai e Alexander Zverev em Indian Wells.

Sua campanha por enquanto é notável, tendo superado o também garoto Denis Shapovalov na estreia em sets diretos e em seguida eliminado Radu Albot. Em ambos os jogos, seu estilo ousado foi marca registrada: marcou 38 winners e 31 subidas à rede contra o canadense e chegou a 61 winners e 45 tentativas de voleio frente ao moldávio.

No único duelo que fez diante do atual número 1 do mundo, perdeu por 7/6 e 6/3 na primeira rodada de Doha, em 2017. Pela campanha realizada até aqui em Paris, Struff já garantiu o prêmio de 243 mil euros e seu recorde pessoal no ranking, onde irá figurar no top 40.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series