Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Nadal domina rival e vence pela 90ª vez em RG
02/06/2019 às 13h00

Paris (França) - Após enfrentar uma terceira rodada mais dura, contra o belga David Goffin, o espanhol Rafael Nadal voltou a vencer sem dificuldades em Roland Garros. Seu adversário neste domingo, o argentino Juan Ignacio Londero, não conseguiu resistir à superioridade do 11 vezes campeão do torneio e sucumbiu em 2h13 de confronto, caindo com parciais de 6/2, 6/3 e 6/3.

Esta foi a vitória de número 90 do espanhol no Grand Slam francês, onde perdeu apenas duas vezes e é disparado o maior vencedor da história. O segundo na lista é o suíço Roger Federer, que somou seu 69º triunfo. Na sequência aparecem o sérvio Novak Djokovic (66) e o argentino Guillermo Vilas (58).

Classificado pela 13ª vez para as quartas de final no saibro parisiense, o canhoto de Mallorca agora o recordista isolado na competição, deixando para trás Federer, que mais cedo chegou pela 12ª vez à antepenúltima rodada da competição, e Djokovic, que pode igualar a marca de Nadal na segunda-feira se vencer o alemão que voleia Jan-Lennard Struff.

No total, são 38 as quartas em Grand Slam na carreira do espanhol, que se isola como o quarto maior neste quesito, deixando para trás o australiano Roy Emerson e suas 37. Seu próximo adversário na competição sairá do confronto entre o japonês Kei Nishikori, contra quem Nadal soma 10 vitórias e 2 derrotas, e o francês Benoit Paire, que perdeu os quatro duelos anteriores com Rafa.

Veja como Nadal construiu sua vitória

As rajadas de vento de até 30 km/h foram um problema a ser administrado pelos jogadores desde o primeiro game. Londero começou nervoso, cedeu quebra logo de cara mas depois que saiu do zero acabou se soltando e quase empatou o placar. Nadal no entanto foi ofensivo para salvar os três break-points e daí em diante não deu mais espaço ao argentino.

Londero fez um segundo set bem superior e exigiu mais de Nadal. Seu problema foi sempre quando precisou jogar com o segundo serviço, o que lhe rendeu apenas 28% de pontos. Nadal chegou à quebra no sexto game num momento em que o argentino se mostrou apressado. Londero salvou heroicamente dois set-points no 2/5 e mais dois no game seguintes antes de enfim Nadal concluir com seu forehand magnífico, o que lhe garantia então o 26ª winner da partida.

Dizendo a seu box que já não tinha mais fôlego, Londero poderia ter feito 2/0, mas desperdiçou o break-point e viu Nadal saltar rapidamente para 4/1. O argentino ainda se esforçou e, no tudo ou nada, bateu firme, tirou um serviço do espanhol e ameaçou outro. No entanto, a partir do 0-30, Nadal recuperou a precisão nos golpes e acabou com a tentativa de reação. O espanhol terminou com 39 winners, outra mostra e sua postura mais ofensiva no torneio.

Comentários