Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Khachanov elimina Del Potro e debutará no top 10
03/06/2019 às 17h03

Khachanov também garante seu melhor resultado em Grand Slam

Foto: Divulgação

Paris (França) - Pela primeira vez em sua carreira profissional, Karen Khachanov chega às quartas de final de um Grand Slam. O russo de 23 anos e número 11 do mundo avançou no saibro de Roland Garros depois de vencer Juan Martin del Potro por 7/5, 6/3, 3/6 e 6/3 em 3h12 de partida nesta segunda-feira.

Em sua terceira aparição em Roland Garros, Khachanov supera pela primeira vez a barreira das oitavas, depois de ter sido eliminado nesta fase nos últimos dois anos. Ele também parou na quarta rodada de Wimbledon na temporada passada e nunca passou da terceira fase no Australian Open ou no US Open.

A vitória sobre Del Potro, atual número 9 do mundo, foi a nona na carreira de Khachanov contra top 10 e a segunda na temporada. Seu próximo adversário em Paris será mais um concorrente de altíssimo nível, o quarto colocado no ranking Dominic Thiem. O russo levou a melhor no único duelo anterior contra o austríaco, atual vice-campeão em Paris.

Vencedor de quatro torneios da ATP, com evidente destaque para o Masters 1000 de Paris no ano passado, Khachanov debutará no grupo dos dez melhores jogadores do mundo. O russo está fazendo 360 pontos, com 180 a defender, e está ultrapassando o próprio Del Potro e o norte-americano John Isner. Apenas o suíço Stan Wawrinka ainda pode alcançá-lo no ranking.

A boa campanha em Paris contrasta com uma temporada muito difícil para Khachanov. Ele chegou ao Grand Slam francês com apenas dez vitórias no ano e com eliminações na rodada de estreia em oito dos treze torneios disputados até então. No saibro, o russo só havia vencido três jogos durante os torneios preparatórios.

Já Del Potro não conseguiu repetir a semifinal alcançada no ano passado, mas também alguns motivos para sorrir. Ele ficou sem jogar durante quatro meses, depois de ter fraturado o joelho durante sua participação no Masters 1000 de Xangai em outubro do ano passado, e disputou em Paris apenas seu quarto torneio na atual temporada. O argentino de 30 anos agora se prepara para a temporada de grama.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series