Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Nadal é pouco exigido e alcança sua 12ª semi em Paris
04/06/2019 às 13h48

Nadal comemorou 33 anos na última segunda-feira e disputará sua 31ª semifinal de Grand Slam

Foto: Divulgação

Paris (França) - Um dia depois comemorar seu 33º aniversário, Rafael Nadal retomou sua rotina de vitórias no saibro de Roland Garros e garantiu seu lugar em mais uma semifinal no Grand Slam francês. O número 2 do mundo precisou de 1h50 para marcar 6/1, 6/1 e 6/3 contra o japonês Kei Nishikori, sétimo colocado no ranking mundial.

Esta é a 11ª vitória de Nadal em treze jogos contra Nishikori no circuito, sendo que o espanhol levou a melhor em todos os cinco embates no saibro e nos quatro válidos por torneios do Grand Slam. As únicas vezes que o japonês venceu foram no piso duro, nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016 e no Masters 1000 de Montréal em 2015.

Nadal agora espera pelo vencedor do duelo suíço entre Roger Federer e Stan Wawrinka. Em ambos os casos, o espanhol leva vantagem no retrospecto. Nadal perdeu os últimos cinco jogos que fez contra Federer, mas tem 23 vitórias e 15 derrotas contra o rival. Seu histórico contra Wawrinka é de 18 vitórias em 21 jogos disputados.

Onze vezes campeão de Roland Garros e dono de 17 títulos de Grand Slam, Nadal alcança sua 31ª semifinal de Slam, sendo a 12ª em Paris. Dono de 81 troféus no circuito mundial da ATP, com 58 deles no saibro, o canhoto de Mallorca tenta alcançar a final de número 119 de sua carreira e a 26ª em Grand Slam.

Nadal abriu boa vantagem em dois sets
O primeiro set durou apenas 24 minutos e foi a repetição dos duelos entre os dois. Obrigado a tentar um jogo mais forçado, Nishikori pecou por falta de potência ou imprecisão e com dificuldade marcou seu único game, pouco depois de salvar break-point. Mesmo com toda a boa vontade, o japonês anotou só três winners diante de 11 de Nadal, que nem sacou tão bem: 54% de acerto do primeiro serviço.

O espanhol abriu o segundo set com mais uma quebra, porém encarou um game instável, que permitiu a Nishikori aprofundar a bola e capitalizar pontos. Mas nem a quebra inesperada ajudou o japonês. Não fez mais games na partida e mostrou falta de forças na perna quando perdeu outra vez o saque sem oferecer grande resistência.

Antes do início do terceiro set, Nishikori recebeu tratamento no cotovelo e no ombro direito. Lembrando que a partida de oitavas de final do japonês contra o francês Benoit Paire começou a ser disputada no fim da tarde de domingo e foi suspensa por falta de luz natural. Dessa forma, ele ficou mais duas horas em quadra na última segunda-feira.

Nishikori teve quatro break points no game de abertura do terceiro set, mas não aproveitou as chances e acabou tendo o serviço quebrado pouco depois. Nadal rapidamente abriu vantagem e venceu três games seguidos para liderar por 4/1. Pouco depois, quando o espanhol já vencia por 4/2, o jogo precisou ser interrompido por aproximadamente uma hora por conta da chuva. Na volta, Nadal confirmou rapidamente seus dois games de serviço para sacramentar a vitória em sets diretos.

Comentários