Notícias | Dia a dia | Wimbledon
João Fonseca domina 14º do mundo e faz quartas
12/07/2023 às 16h04

Fonseca marcou sua nona vitória seguida na grama, vindo de título em Roehampton

Foto: Daniel Kopatsch/ITF

* Atualizado após a vitória nas duplas

Londres (Inglaterra) - Em outra excelente mostra de sua adaptação à quadra de grama, o carioca João Fonseca, número 8 do ranking juvenil, se classificou nesta quarta-feira para as quartas de final da chave juvenil de Wimbledon, ao derrotar em sets diretos o japonês Rei Sakamoto, 11º favorito e 14º do mundo, por 6/3 e 6/4, em jogo de 72 minutos.

Fonseca enfrentará agora um tenista de casa e portanto bem adaptado ao piso, o britânico Henri Searle, canhoto de 17 anos e atual 27º do ranking mundial juvenil.

Fonseca já soma quartas de final em três Grand Slam diferentes, tendo obtido tal desempenho também no Australian Open e em Roland Garros. Ele foi campeão na semana passada do preparatório disputado em Roehampton.

Fonseca foi melhor nos pontos importantes, salvou os quatro break-points que teve contra e conseguiu aproveitar dois dois seis que teve a seu favor, um e cada set. Ele terminou com um winner a menos (17 a 18) e com três erros não forçados também a menos (15 a 18).

Logo no primeiro game do jogo, o brasileiro de 16 anos enfrentou um break-point contra e se salvou. No quarto game, ele conseguiu bater o saque do rival, salvou mais uma chance de quebra no quinto e no sexto deixou escapar três chances, administrando a vantagem até o final para marcar 1 set a 0.

Fonseca manteve o nível na segunda parcial, anotou uma quebra no terceiro game e abriu 3/1 em seguida, quando salvou dois break-points. Depois disso, o carioca não teve mais o serviço ameaçado e se manteve na frente até fechar o jogo.

Quartas também na chave de duplas em Wimbledon
Ainda nesta quarta-feira, Fonseca também avançou às quartas de final de duplas, ao lado do boliviano Juan Carlos Prado Angelo, novo número 1 do ranking da modalidade. Eles são cabeças 2 do torneio e venceram o norueguês Nicolai Kjaer e o sueco Sebastian Eriksson por 6/7 (5-7), 6/3 e 10-6. Os próximos rivais serão o polonês Tomasz Berkieta e o britânico Henry Searle. Neste ano, ele foi vice-campeão de duplas no Australian Open com o belga Alexander Blockx.

Em uma primeira parcial inteiramente sem quebras, Fonseca e Prado Angelo salvaram um set-point quando perdiam por 5/4. Mas no tiebreak, Eriksson e Kjaer começaram muito bem e abriram 4-0. A dupla sul-americana diminuiu a diferença para 5/4, mas uma dupla falta do boliviano recolocou os adversários em vantagem. Já no segundo set, Fonseca e Prado Angelo conseguiram duas quebras, ambos com jogo firme do fundo de quadra e bom desempenho do boliviano nas devoluções. Os sul-americanos aproveitaram o bom momento na partida e dominaram o match tiebreak.

Comentários