Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Konta e Anisimova preferem destacar boas campanhas
07/06/2019 às 22h09

Konta disputou sua terceira semifinal de Grand Slam na carreira

Foto: Divulgação

Paris (Roland Garros) - Eliminadas nas semifinais de Roland Garros nesta sexta-feira, a britânica Johanna Konta e a norte-americana Amanda Anisimova saíram de quadra com uma mentalidade parecida. Apesar das derrotas em Paris, elas preferiram destacar os aspectos positivos de suas campanhas.

"Não há nada para eu ficar desapontada ou chateada. Quero dizer, perdi uma partida de tênis, mas também ganhei cinco. Só posso tirar as coisas boas disso", disse Konta após a derrota por 7/5 e 7/6 (7-2) para a tcheca Marketa Vondrousova nesta sexta-feira.

"Para ser sincera, sinto-me muito à vontade com a forma como joguei e com o que tentei fazer. Eu não acho que eu tenha arrependimentos. Acho que minha adversária jogou muito bem. E estou orgulhosa de como tentei encontrar uma saída", avalia a britânica de 28 anos, ex-número 4 do mundo e atual 26ª colocada.

Konta disputou a terceira semifinal de Grand Slam e ainda persegue a primeira final. "Não há razão para eu não conseguir vencer um Grand Slam. Estou me colocando em condições para tentar dar esse passo extra e chegar a uma final. Se isso vai acontecer ou não, eu não sei. Ainda tenho muito o que me orgulhar. Mesmo se parasse de jogar amanhã, já fiz muitas coisas boas na minha carreira até agora".

Anisimova já pensa na grama
Com um pouco mais de frustração pela derrota para Ashleigh Barty, Amanda Anisimova analisou sua melhor campanha em Grand Slam depois de alcançar sua primeira semifinal aos 17 anos. "É decepcionante perder. Mas apesar de eu estar obviamente chateada por perder, porque estou sempre fico quando eu perco, eu cheguei na semifinal pela primeira vez. Então, é um torneio positivo para mim",

Depois de perder para Ashleigh Barty por 6/7 (4-7), 6/3 e 6/3, Anisimova já direciona o foco para a temporada de grama. A jovem norte-americana, atual 51ª do ranking, deverá entrar no grupo das 30 melhores do mundo."Só vou tentar comemorar esse resultado. Estou muito animada com a temporada de grama. Ganhei muita confiança nas últimas duas semanas".

Comentários