Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Thiem promete deixar tudo em quadra na decisão
08/06/2019 às 16h37

Paris (França) - Assim como aconteceu na temporada passada, Dominic Thiem terá a chance de vencer seu primeiro título de Grand Slam em Roland Garros, novamente enfrentando o espanhol Rafael Nadal na final. Apesar de ter bem menos descanso do que o rival, que derrubou o suíço Roger Federer na sexta-feira, enquanto o austríaco só conseguiu complementar seu triunfo sobre o sérvio Novak Djokovic neste sábado, o número 4 do mundo garante que isso não será problema.

“Não tive partidas muito longas antes desta e seria mais complicado se essas 4 horas fossem jogadas todas de uma só vez. Estou me sentindo bem e cheio de adrenalina para amanhã. Não vou estar cansado, isso só acontecerá quando acabar o torneio, pois vou deixar tudo contra Rafa”, afirma o austríaco, que garante estar com a confiança em alta após derrubar o atual líder do ranking na semifinal.

Thiem não reclamou da decisão da organização do torneio em manter a decisão para o domingo às 10h (horário de Brasília). "Não vai ser a primeira vez que acontece isso no tênis por causa da chuva", observou o austríaco, que também achou normal a interrupção do seu jogo contra Djokovic na sexta. “Não foi ruim para mim, pois acabara de quebrar e estava com 3/1 no placar. As condições estavam muito duras ontem, acho que nuca joguei com tanto vento e para mim foi uma decisão normal”.

Apesar da confiança alta, o atual vice-campeão do Grand Slam francês sabe de toda a dificuldade que terá pela frente na final. “Enfrentar Rafa nesta quadra é um dos desafios mais complicados deste esporte. Fui muito bem contra ele em Barcelona, seis semanas atrás, e agora tentarei repetir”, disse o número 4 do mundo, que soma quatro vitórias em 12 encontros com Nadal, dos quais apenas um não aconteceu no saibro.

“Já ganhei dele antes no saibro e acho que isso ajuda muito antes de enfrentá-lo aqui. Ganhar o título seria um enorme sonho, mas não me pressiono porque sei que terei um rival muito duro do outro lado da rede”, analisou o austríaco, que em contrapartida não esconde a alegria por ter mais uma chance de brigar por uma conquista de Slam.

“Estou mais que feliz. Foi meu primeiro jogo de cinco sets em Roland Garros e acabou sendo épico. Houve muitos altos e baixos, idas e vindas ao vestiário, mas sempre tive a sensação de ter as rédeas da partida. No final tudo ficou mais complicado e poderia ter ido para qualquer um dos lados, mas tive mais sorte, fui melhor e consegui vencer", finalizou Thiem.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series