Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Djokovic parabeniza Thiem e alfineta organização
08/06/2019 às 18h16

Paris (França) - Eliminado neste sábado de Roland Garros após ser derrotado pelo austríaco Dominic Thiem em batalha de dois dias, cinco sets e 4h19 de duração, o sérvio Novak Djokovic parabenizou seu algoz pelo desempenho apresentado, mas também não deixou de alfinetar a organização do Grand Slam francês, reclamando das condições em que fizeram os dois ter que jogar, principalmente na sexta-feira.

“As condições em que jogamos ontem foram as piores que já vivi, era quase um furacão. Segundo os responsáveis pelo torneio, não há problema em jogar assim e só iriam paralisar o jogo por causa do vento se coisas começassem a cair na quadra”, disparou o número 1 do mundo, que fez questão de destacar a boa partida disputada por Thiem.

“Quero dar os parabéns a Dominc pela vitória, ele mostrou um grande nível de jogo e foi melhor nos momentos chaves da partida. Sua grande mobilidade me forçava a sempre colocar uma bola a mais para poder vencê-lo. As condições em quadra o beneficiaram um pouco, mas isso não é desculpa. Ele foi superior e por isso merece estar na final”, comentou.

Djokovic analisou positivamente seu desempenho na semi e mais uma vez reforçou os elogios ao algoz austríaco. “Fiz uma boa temporada de saibro e acho que estive bem hoje, mas Dominic é um jogador fantástico, especialmente na terra batida. Não vou dar desculpas, ele ganhou porque foi melhor. Estas partidas se decidem em alguns poucos pontos e não dá para querer ganhar sempre contra um rival como ele”.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series