Notícias | Dia a dia
Barty assume vice-liderança e encosta em Osaka
10/06/2019 às 10h34

Miami (EUA) - A disputa pela ponta da WTA ganhou uma nova e forte concorrente após a disputa de Roland Garros. Campeã no Grand Slam francês, a australiana Ashleigh Barty pulou para a segunda colocação, encostou de vez em Naomi Osaka e agora é uma forte candidata a destronar a japonesa durante a temporada de grama.

Barty está apenas 136 pontos atrás da atual número 1 do mundo, que igualou marca da belga Kim Clijsters de semanas na liderança. A australiana tem boas perspectivas de brigar pela ponta na grama, piso sobre o qual teve seu melhor resultado como juvenil, conquistando o título de Wimbledon em 2011, quando superou a russa Irina Khromacheva na decisão.

Se a distância entre as duas primeiras está bastante curta, já a diferença delas para as demais não é tão apertada. Terceira colocada, a tcheca Karolina Pliskova está 665 pontos atrás de Osaka. Completam o top 5 a holandesa Kiki Bertens, que manteve a quarta posição e a tcheca Petra Kvitova, que mesmo sem jogar em Paris ganhou um lugar e agora é a quinta do mundo.

Campeã do ano passado, a romena Simona Halep não defendeu a conquista e por isso acabou perdendo terreno, caindo da terceira para a oitava colocação. Também foi para baixo a espanhola Garbiñe Muguruza, que caiu seis lugares e saiu do top 20, ocupando agora o 25º posto.

Jovens promessas dão arrancada

Sensações de Roland Garros, a vice-campeã Marketa Vondrousova e a semifinalista Amanda Anisimova deram grandes saltos no ranking. A canhota tcheca de 19 anos disparou 22 lugares e foi para a 16ª colocação, debutando no top 20. Já a norte-americana de 17 anos subiu ainda mais, melhorou 25 posições e agora é a 26ª do mundo, também na melhor colocação da carreira.

Destaque também para as jovens Iga Swiatek, Anna Blikova e Aliona Bolsova, todas alcançando os melhores rankings da carreira. A polonesa de apenas 18 anos ganhou 37 lugares e foi para o 67º, a russa de 20 anos pulou 28 colocações e agora é a 89ª e a espanhola de 21 anos teve a maior ascensão do top 100, disparou 47 posições e é a nova número 90 do mundo.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis