Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Americana de 15 anos fura o quali e faz história
27/06/2019 às 15h34

A promissora norte-americana Cori Gauff é a mais jovem jogadora a passar pelo quali em Wimbledon

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - O início promissor da carreira profissional de Cori Gauff ganhou mais um capítulo importante nesta quinta-feira. Considerada como uma das principais promessas do tênis feminino norte-americano, a jovem jogadora de apenas 15 anos garantiu vaga na chave principal de Wimbledon e disputará um Grand Slam pela primeira vez.

Gauff marcou uma vitória contundente na última rodada do quali. Em apenas 55 minutos, ela marcou um duplo 6/1 contra a belga Greet Minnen, jogadora de 21 anos e 129ª colocada. Com isso, ela se torna a jogadora mais jovem a conseguir uma vaga em Wimbledon por meio do qualificatório. Outras jogadoras da mesma idade chegaram a atuar pelo Grand Slam britânico como convidadas ou entrando diretamente na chave por conta do ranking.

A jovem norte-americana já havia conseguido uma expressiva vitória na última terça-feira, quando derrotou a espanhola Aliona Bolsova, principal cabeça de chave no quali e número 94 do mundo por 6/3 e 6/4. Isso fez dela a jogadora mais jovem a vencer uma adversária do top 100 em um Grand Slam desde 1995. Já na segunda fase do quali, ela venceu a russa Valentina Ivakhnenko, 250ª do ranking, por 6/2 e 6/3.

"Eu não sabia sobre nenhum dos recordes que eu quebrei até que alguém me dissesse depois dos jogos", disse Gauff, que é a jogadora mais jovem na chave principal de Wimbledon desde a convidada Laura Robson em 2009, também aos 15 anos. "Eu me sinto realmente abençoada por poder fazer isso. Sou grata por meus pais nunca colocarem limites em meus objetivos, porque às vezes os pais podem fazer isso".

"Meus pais sempre me disseram para sonhar tão alto quanto eu quiser. E eu estou feliz que, não apenas eles aceitaram meus objetivos, eles realmente sacrificaram tudo para garantir que eu chegasse lá", comenta a promissora norte-americana, que tem Serena Williams como ídolo e sonha superar os feitos da vencedora de 23 títulos de Grand Slam.

Campeã juvenil de Roland Garros no ano passado e ex-líder do ranking mundial da categoria, Gauff aparece atualmente no 301º lugar do ranking da WTA. Ela começou o ano no 685º lugar e só defende mais oito pontos até o final do ano.

Lisicki cai na rodada final, Wickmayer consegue vaga na chave
A rodada final do quali de Wimbledon reservou emoções distintas para duas experientes jogadoras de 29 anos e ex-integrantes top 20. Finalista do Grand Slam britânico em 2013 e semifinalista em 2011, a alemã Sabine Lisicki levou a virada da holandesa Lesley Kerkhove por 0/6, 6/4 e 6/4. Já a belga Yanina Wickmayer venceu a russa Liudmila Samsonova por 6/4 e 6/3 para garantir seu lugar na chave principal.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series