Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Barty tem 5 campeãs de Wimbledon na sua chave
28/06/2019 às 07h51

Barty tentará conquistar seu segundo Slam da carreira

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - O sorteio das chaves de Wimbledon deixou a parte de cima da disputa mais acirrada do que nunca. Além de contar com a atual número 1 do mundo, a australiana Ashleigh Barty, que vem embalada pela conquista de Roland Garros, também estão nesta metade da disputa mais cinco campeãs no All England Club: a espanhola Garbiñe Muguruza, a norte-americana Serena Williams, a russa Maria Sharapova, a alemã Angelique Kerber e a tcheca Petra Kvitova.

Cabeça de chave 1, Barty abrirá campanha contra a chinesa Saisai Zheng e poderá cruzar já na segunda rodada com a russa Svetlana Kuznetsova, ex-número 2 do mundo. Na terceira rodada, a australiana tem tudo para encarar a espanhola Garbiñe Muguruza, que abre campanha contra a canhota paulista Beatriz Haddad Maia, que entrou na chave após furar o qualificatório.

Em uma eventual oitavas de final, a australiana terá um "refresco" contra Belinda Bencic ou Donna Vekic, para nas quartas de final cruzar Serena, Sharapova ou Kerber, que terão uma acirrada disputa para ver quem sobrevive. A alemã pode encarar a russa já na terceira rodada e uma das duas tem tudo para cruzar com a norte-americana logo em seguida.

O quadrante que define a semifinalista que pode cruzar com Barty é um pouco mais tranquilo, mas não deixa de ter nomes de peso, com destaque para a bicampeã Kvitova. Também aparece por lá a holandesa Kiki Bertens, as norte- americanas Sloane Stephens e Amanda Anisimova, a belga Elise Mertens, a local Johanna Konta e a canadense Eugenie Bouchard, vice-campeã de 2014.

Do outro lado da chave, a norte-americana Venus Williams é a única que sabe o que é vencer títulos em Wimbledon. Pentacampeã no Grand Slam britânico, ela terá um duelo de gerações na estreia, enfrentando a compatriota Cori Gauff, de apenas 15 anos e a mais jovem jogadora a passar pelo quali .

Venus está no quadrante da romena Simona Halep, com quem pode cruzar nas oitavas, mas para isso terá que passar pela compatriota Madison Keys e pela bielorrussa Aryna Sabalenka, ao passo que a sétima favorita pode encarar nomes como o da bielorrussa Victoria Azarenka ou da russa Daria Kasatkina.

Número 2 do mundo, a japonesa Naomi Osaka abre campanha contra a cazaque Yulia Putintseva e não deve ter dificuldades até as oitavas, quando pode encarar a dinamarquesa Caroline Wozniacki. Nas quartas ela cruza com quem vier do pedaço da chave que tem Venus e na semi os grandes perigos são a tcheca Karolina Pliskova e a ucraniana Elina Svitolina.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series