Notícias | Dia a dia
Jovem norte-americano é o campeão em Eastbourne
29/06/2019 às 15h10

Eastbourne (Inglaterra) - Na final 100% norte-americana do ATP 250 de Eastbourne, a maior experiência de Sam Querrey não valeu muita coisa e o título do torneio acabou nas mãos do jovem Taylor Fritz, que ao derrotar o compatriota neste sábado, com parciais de 6/3 e 6/4, comemorou seu primeiro título no circuito profissional.

Disputando apenas sua segunda decisão na ATP, o tenista de apenas 21 anos levara a pior na decisão em Memphis, três anos atrás. “Coloquei como objetivo vencer um título no circuito desde que disputei minha primeira final, quando tinha 18 anos. Parece que faz um tempão”, observou o atual 42 do mundo.

“Mal posso acreditar que consegui, ainda estou absorvendo essa conquista. É uma coisa incrível”, complementou Fritz, que com a conquista irá faturar uma premiação de US$ 117.925, além dos 250 pontos no ranking, que o levarão para o 31º lugar, o melhor da carreira até então. Do outro lado, Querrey levará um cheque de US$ 63.765 e 150 pontos, que o farão subir 14 posições na ATP.

Fritz mostrou força logo no começo da partida, anotou uma quebra no segundo game e salvou um break-point em seguida para abrir 3/0. Ele administrou a vantagem até o fim e assim faturou o primeiro set. A história da segunda parcial foi parecida, com o jovem norte-americano abrindo 2/0 e depois mantendo a quebra de frente até selar a vitória.

“Precisei jogar o meu melhor para vencer. Este é o primeiro torneio do Sam em muito tempo e por isso ele merece os parabéns por ter alcançado a final depois de ficar afastado por causa de lesão. Acredito que será um cara bastante perigoso em Wimbledon”, disse Fritz, primeiro tenista de seu país e vencer em Eastbourne desde Andy Roddick em 2012.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis