Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Djokovic começa firme a busca pelo penta
01/07/2019 às 11h12

Londres (Inglaterra) - Atual campeão de Wimbledon, o sérvio Novak Djokovic não deu brechas para surpresas na primeira rodada. Enfrentando o alemão Philipp Kohlschreiber no primeiro jogo do torneio na mística Quadra Central, o número 1 do mundo foi firme e derrubou o rival em sets diretos, marcando placar final de 6/3, 7/5 e 6/3, após 2h02 de confronto.

O próximo adversário na caminhada do líder do ranking rumo à sua quinta conquista no All England Club será o norte-americano Denis Kudla, que não enfrentou grandes dificuldades diante do tunisiano Malek Jaziri, superando a estreia com parciais de 6/4, 6/1 e 6/3. Será a primeira vez que Djokovic medirá forças no circuito contra o atual 111 do mundo.

Fazendo sua 60ª aparição em Grand Slam, que o garante no top 10 dos jogadores da Era Aberta que mais disputaram os quatro principais torneios do circuito, Kohlschreiber não conseguiu quebrar a invencibilidade de Djokovic em estreias. A última vez que ele perdeu em uma primeira rodada de Slam foi no Australian Open de 2006.

Semifinalista em Roland Garros, o sérvio resolveu não disputar torneio algum na preparação para Wimbledon e só disputou exibições, perdendo uma e vencendo outra. É a sétima vez nos últimos 10 anos que 'Nole' chega no terceiro Grand Slam da temporada sem participar de torneios na grama. Ele é um dos sete tenistas que já triunfaram no All England Club sem pisar nos eventos preparatórios, alcançando o feito em 2011, 2014 e 2015.

Veja como foi a vitória de Djokovic

Apesar do piso, os dois jogadores passaram a maior parte do tempo trocando bolas de fundo de quadra e a diferença entre eles ficou mesmo para o primeiro saque. Enquanto o sérvio conseguiu várias vezes decidir com a potência do serviço, o alemão sofreu com baixo índice de acerto e as devoluções agressivas do número 1.

Ainda assim, Kohlschreiber saiu à frente nos dois primeiros sets, com quebra precoce, mas viu Djokovic reagir imediatamente e assim tirar seu embalo. No primeiro set, o sérvio chegou a ter 4/1, evitando então um 15- 40 na base dos aces. Com 48% de aproveitamento, o alemão sofria, evitou um set-point no oitavo game mas caiu em seguida. Para um set na grama, erros excessivos: oito do sérvio e 11 do oponente.

O jogo melhorou de qualidade no segundo set, com belos lances dos dois lados. Djokovic saiu de 0/2 para 2/2, mas Kohlschreiber manteve a liderança até o nono game. Evitou dois break-points nesse momento com um raro momento de grandes saques, mas na tentativa seguinte o sérvio devolveu com muita profundidade e encurralou Kohlschreiber. Vibrou muito e liquidou o set com rapidez. Os erros caíram muito: 5 de Djokovic contra 9.

Muito mais solto em quadra, Djokovic trabalhou sem sustos no seu serviço e amadureceu a quebra pouco a pouco, forçando Kohlschreiber a tentar soluções cada vez mais ousadas. Obteve a quebra enfim no sétimo game e aí disparou para a vitória. 

Comentários