Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Kyrgios supera altos e baixos, avança e espera Nadal
02/07/2019 às 11h08

Londres (Inglaterra) - No duelo 100% australiano pela primeira rodada de Wimbledon, Nick Kyrgios trabalho para superar o compatriota Jordan Thompson, não apenas pela consistência do rival, mas também pelos altos e baixos que marcaram sua estreia. Apesar das oscilações e do ‘pneu’ que levou no quarto set, Kyrgios conseguiu avançar ao marcar parciais de 7/6 (7-4), 3/6, 7/6 (12-10), 0/6 e 6/1, depois de 3h26 de confronto.

Em sua sexta aparição no torneio, Kyrgios só perdeu uma vez na estreia, em 2017, quando abandonou o duelo contra o francês Pierre-Hugues Herbert com o problema no quadril esquerdo. Curiosamente, ele também teve problemas no quadril contra Thompson, só que no direito, pedindo atendimento médico após o fim do segundo set.

Seu próximo adversário tem tudo para ser o espanhol Rafael Nadal, que primeiro precisa confirmar o favoritismo diante do japonês Yuichi Sugita. Será a segunda vez que o australiano e o espanhol medirão forças na grama do All England Club e na outra vez que isso aconteceu foi Kyrgios que levou a melhor. Logo em sua estreia na competição, ele derrubou Nadal, então número 1 do mundo, e continuou vencendo até parar nas quartas de final.

No duelo contra Thompson, o polêmico australiano começou um pouco devagar, levou a primeira quebra do jogo e teve que salvar dois set-points sacando em 3/5, para na sequência devolver o break e levar a definição para o desempate, em que se deu melhor. Só que o 1 a 0 no placar não embalou Kyrgios, que perdeu a segunda parcial sofrendo duas quebras seguidas na reta final.

O terceiro set foi o mais duro de todos. Kyrgios arrancou uma quebra no 11º game, mas logo em seguida perdeu o saque e mais uma vez teve que decidir no tiebreak. Ele comandou o marcador desde o princípio, não esteve atrás em momento algum, mas só fechou a parcial no sexto set-point que teve.

Veio então o pior momento de Kyrgios na partida, que o levou a amargar um ‘pneu’ no quarto set, faturando apenas cinco pontos em toda a disputa. Contudo, ele não se abalou com o resultado e veio forte para a quinta parcial, na qual conquistou duas quebras para cima de Thompson, anotou 6/1 e sacramentou a sofrida vitória.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series