Notícias | Dia a dia
Ribeiro e mais 7 brasileiros jogam ITF no Paineiras
08/08/2023 às 13h23

São Paulo (SP) - Após quatro anos, o Paineiras do Morumby está de volta ao calendário anual do tênis internacional para receber uma etapa do circuito ITF. De 21 a 27 de agosto, as quadras de saibro do tradicional clube de São Paulo recebem um torneio que distribui US$ 15 mil em premiação.

Encabeçando a lista de inscritos divulgada pela Federação Internacional de Tênis (ITF), aparece o gaúcho Eduardo Ribeiro, atual 329⁰ do mundo. No ano passado, ele foi o brasileiro que mais evoluiu no ranking da ATP ao longo da temporada e conquistou três títulos em solo brasileiro.

Com a evolução no ranking, o tenista de 25 anos deu um passo acima em suas prioridades e se aventurou por challengers em 2023. O saldo foi positivo, Ribeiro conquistou triunfos importantes e alcançou a semifinal em Medellín, em junho, após sair do qualifying. A confiança foi tamanha que ele se arriscou até em fases prévias do Rio Open, em fevereiro, e do ATP 250 de Los Cabos, na semana passada.

Ribeiro é seguido pelo norte-americano Kyle Seelig, 435º do mundo. Na sequência aparece o pernambucano José Pereira, 535º da ATP. Além deles, mais seis representantes nacionais estarão em ação no torneio paulista.

O brasiliense Gilbert Klier (784º) lidera essa lista, que tem também o paranaense Fernando Yamacita (808º), o mineiro João Victor Loureiro (841º) e o paulista Igor Gimenez (854º). Por constarem no top 100 do ranking juvenil da ITF, Pedro Rodrigues e Gustavo Ribeiro de Almeida têm lugares garantidos na chave principal.

Veja a lista de inscritos para o ITF do Paineiras:

Eduardo Ribeiro (BRA)
Kyle Seelig (EUA)
José Pereira (BRA)
Ignacio Carou (URU)
Gilbert Klier (BRA)
Kosuke Ogura (JAP)
Rodrigo Pacheco Mendez (MEX)
Santiago De La Fuente (ARG)
Fernando Yamacita (BRA)
João Victor Loureiro (BRA)
Igor Gimenez (BRA)
Roy Smith (EUA)
Juan Manuel La Serna (ARG)
Thiago Cigarra (ARG)
Preston Brown (EUA)
Jesse Flores (CRC)
Pedro Rodrigues (BRA) 
Gustavo Ribeiro de Almeida (BRA) 

Comentários