Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Tranquilo, Djokovic vai à 3ª fase pela 11ª vez seguida
03/07/2019 às 16h00

Djokovic só perdeu antes da terceira rodada de Wimbledon em 2008

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - A busca de Novak Djokovic pelo quinto título de Wimbledon segue bastante tranquila. Assim como havia acontecido na estreia contra o alemão Philipp Kohlschreiber, o sérvio novamente venceu em sets diretos e marcou as parciais de 6/3, 6/2 e 6/2 contra o norte-americano Denis Kudla, número 111 do ranking, em 1h32 de partida.

Djokovic mantém uma escrita de onze anos seguidos chegando pelo menos à terceira rodada de Wimbledon. Além disso, o tetracampeão alcançou esta fase em outras três ocasiões, entre 2005 e 2007. Sua campanha mais modesta no Grand Slam londrino foi em 2008, quando caiu na segunda rodada.

O próximo compromisso de Djokovic será contra o polonês Hubert Hurkacz, jovem de 22 anos e 48º colocado no ranking. O número 1 do mundo levou a melhor sobre o rival recentemente, em confronto pela primeira rodada de Roland Garros. Hurkacz avançou ao superar o argentino Leonardo Mayer por 6/7 (4-7), 6/1, 7/6 (9-7) e 6/3.

Esta é a trigésima vitória na temporada para Djokovic, que sofreu apenas seis derrotas em 2019. O sérvio de 32 anos já comemorou títulos do Australian Open e do Masters 1000 de Madri na temporada. Diferente do que fez nos últimos dois anos, ele não disputou torneios preparatórios na grama antes de Wimbledon.

Sérvio abriu larga vantagem logo no início
Como era previsível, o duelo foi basicamente feito no fundo de quadra, com algumas poucas aventuras dos dois jogadores junto à rede. Kudla encontrou dificuldade com o saque no começo da partida e aí ficou sujeito às trocas de bola, onde foi totalmente dominado pela consistência do número 1. O sérvio chegou a fazer 5/0, mas perdeu intensidade e permitiu pequena reação, concluindo no serviço seguinte.

A situação foi um tanto semelhante no segundo set. Kudla voltou a perder o serviço muito cedo e, de tão descontraído, Djokovic chegou até a fazer malabarismo, devolvendo deixadinha entre as pernas ao estilo Nick Kyrgios. Também perdeu um serviço depois de abrir 4/1, mas jamais correu qualquer risco. Fechou o set com apenas três erros não forçados.

O amplo domínio de Djokovic continuou no terceiro set. Com uma quebra logo de cara e vencendo oito pontos seguidos, o sérvio já abriu 2/0. Firme em seus games de serviço, o líder do ranking não foi ameaçado em nenhum momento. Pressionando constantemente o rival americano, Djokovic criaria outras duas chances de quebra, aproveitando uma delas para ampliar a vantagem. Sacando para o jogo, o sérvio enfim enfrentou um game longo e precisou de quatro match points. Djokovic liderou a contagem de winners por 35 a 21 e cometeu 18 erros contra 22 do rival.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series