Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Com 14 vitórias seguidas, Barty diz não sentir pressão
04/07/2019 às 18h24

Barty mantém embalo após título em Paris e chegada ao número 1

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Líder do ranking mundial e dona de uma série invicta de 14 jogos, Ashleigh Barty diz não se sentir mais afetada pela pressão por resultados. A campeã de Roland Garros venceu seus dois primeiros jogos em Wimbledon com tranquilidade e pretende manter o foco em busca do segundo título de Grand Slam.

"A única pressão que tenho é a que coloco em mim mesma ao me certificar de que estou fazendo as coisas certas e me preparando da maneira certa para os jogos", disse Barty, que saltou do oitavo para o segundo lugar do ranking com a conquista no saibro parisiense. Duas semanas depois, chegou à primeira posição depois de ser campeã na grama de Birmingham.

A australiana aprovou seu desempenho na vitória por 6/1 e 6/3 sobre a belga Alison Van Uytvanck, em jogo que durou apenas 55 minutos nesta quinta-feira, pela segunda rodada de Wimbledon. "De um modo geral, eu fui bem hoje. Acreditando que fiz um bom trabalho na execução do meu plano de jogo. Eu estava afiada desde o começo e pude jogar da maneira como eu queria, colocando muita pressão sobre ela".

Apesar do ótimo momento no circuito e de ótimas atuações na grama, Barty nunca chegou às oitavas de final em Wimbledon. A australiana terá a chance de garantir sua melhor campanha da carreira no Grand Slam britânico se superar a convidada local Harriet Dart, 182ª colocada e algoz da brasileira Beatriz Haddad Maia. "A minha jornada tem sido incrível, mas é importante para nós celebrarmos também as pequenas coisas".

"É até legal quando eu ligo para casa e converso com minha sobrinha. Ela me diz que eu posso ir ao infinito e além. Ela é uma garotinha incrível que me dá muita inspiração", comenta a jogadora australiana de 23 anos, que chegou a fazer uma pausa na carreira entre 2014 e 2016 e voltou ao circuito com o ranking zerado. "Foi uma longa jornada para mim, minha equipe, minha família e todos os que estiveram comigo. Estar onde estamos agora é realmente especial".

Comentários
Faberg
Roland Garros Series